segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Parque Nacional de Yellowstone


Hoje vamos divagar pelo Parque Nacional de Yellowstone um dos mais antigos parques nacionais do mundo e o mais famoso dos EUA.



Yellowstone localiza-se nos estados de Wyoming, Montana e Idaho e é um dos maiores ecossistema de clima temperado no planeta, cobrindo uma área de 8.980 km2. É considerado o primeiro parque nacional no mundo, tendo sido inaugurado em 1 de março de 1872. Foi designado como Reserva da biosfera, a 26 de Outubro de 1976. Em 8 de Setembro de 1978 foi designado como Património Mundial, pela UNESCO.

Foto: http://www.globeimages.net


A topografia do território de Yellowstone é resultado de milhões de anos de influência de um ponto quente. O parque assenta sobre um planalto elevado com uma média de 2400 m de altitude e é bordejado em quase todas as direcções pelas Montanhas Rochosas que se elevam de 3000 a 4300 m.

Foto: http://www.globeimages.net


No Grande Desfiladeiro do Yellowstone (Grand Canyon of the Yellowstone), processos químicos deixaram, ao longo do tempo, camadas de rocha de diferentes cores. Partes do desfiladeiro chegam aos 240-370 metros de profundidade. Um óptimo local para ver a grandeza do Grand Canyon e das Lower Falls é o Ponto do Artista (Artist Point).

Aqui se encontram cascatas lindíssimas. As Upper and Lower Falls of the Yellowstone (Cascatas Superiores e Inferiores do Yellowstone) são as duas maiores cascatas do parque. As Upper Falls tem 33 metros de altura e criam um pequeno desfiladeiro. As Lower Falls são maiores, com uma altura de 94 metros, e criam o Grand Canyon.

Foto: 1ms.net

A caldeira vulcânica de Yellowstone é o maior sistema vulcânico existente na América do Norte, sendo normalmente denominado como "super-vulcão" devido à caldeira ter sido formada pela acção de erupções explosivas de elevada proporção.

Foto:  http://www.globeimages.net

Em Yellowstone, a interacção entre os processos vulcânicos, hidrotermais e glaciais contribuiu para uma distribuição da flora e da fauna complexa e única. A espécie botânica dominante no parque é a Pinus contorta. No entanto, variedades de Picea, Abies e Populus também são comuns. Possuí uma diversificada flora onde se destacam muitas espécies endémicas.

* Foto: Net


Tem uma impressionante quantidade de vida selvagem na qual se incluem os ursos negros, lobos, bisontes, alces, entre outros. O Monte Washburn é um dos melhores locais do parque para observar carneiros-selvagens, com um trilho que sobe a montanha até um miradouro perto do cume de 3 116 metros. Para visualizar bisontes o Vale de Hayden é o sitio ideal.



Uma das áreas mais populares do parque são as Bacias de géiseres . Entre os seus muitos atractivos pelos quais é famoso estão os seus mais de 10.000 géisers e nascentes de água quente, podendo as fontes termais ter várias cores, devido aos diferentes tipos de bactérias que aí crescem. No Upper Geyser Basin (Bacia de Géiseres Superior) encontra-se o maior número de géisers do parque, com mais de 100 numa área de uma milha quadrada.

West Thumb Geyser Basin (Bacia de Géiseres do Polegar Oeste)
Foto: wikipedia_Brocken Inaglory


O géiser mais famoso do mundo, denominado Old Faithful Geyser , encontra-se neste parque, tem grandes erupções que ocorrem, em média, a cada hora e meia. Apesar da reputação que as suas erupções têm de serem muito regulares, o tempo entre cada erupção tem vindo a aumentar nas últimas décadas. São também conhecidos o Grand Geyser (Grande Géiser; provavelmente o melhor géiser previsível do parque), o Castle Geyser (Géiser do Castelo), Daisy Geyser (Géiser da Margarida), e o Riverside Geyser (Géiser Beira-rio).

Foto: wikipedia_danielMartin


As Fontes Termais de Mammoth (Mammoth Hot Springs) , são águas termais carregadas de minerais flúem desde nascentes, depositando calcita e outras substâncias no seu caminho. À medida que o tempo passa, estes depósitos formam grandes terraços e outras formações calcárias. Alguns dos terraços crescem vários centímetros por dia.

Foto: http://wallpaperweb.org


De grande beleza o Lago Yellowstone (Yellowstone Lake) é o maior lago de água doce do país a uma elevação de 2500 metros. Tem uma largura de 32,19 km e um comprimento de 48,28 km. O Rio Yellowstone River desagua neste lago.

Foto: wikipedia_ Richard Wang


Na Fonte da Boca do Dragão (Dragon's Mouth Spring) , vapor e água quente surgem de dentro de uma caverna subterrânea, criando ondas na superfície da lagoa de lama. A lama e o vapor no interior da caverna reverberam e fazem altos sons de rugidos.

Foto: wikipedia_Jan Kronsell


Durante esses meses de inverno, os rios nos vales profundos ficam cobertos de neve, as montanhas nevadas geram um contraste inesquecível com o azul brilhante do céu. O parque torna-se uma terra fantástica de neve, gelo e vapor..

Foto: http://wallpapers.hdwallpaperhdpictures.in


A vida selvagem, as quedas de águas como as Lower falls que são as mais altas, as gargantas, a paisagem branca no inverno, o Yellowstone Lake, os penhascos, os géiseres ... são algumas das suas principais atracções deste parque nacional nos Estados Unidos que é o mais importante país.

Fontes: Wikipedia; http://wikitravel.org/pt/Parque_Nacional_de_Yellowstone; http://www.yellowstonenationalpark.com/; http://www.yellowstone-online.com/; http://nature-reserves.net/; http://www.globeimages.net; 1ms.net; http://wallpapers.hdwallpaperhdpictures.in; outros


* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.

Foto: http://www.globeimages.net


Viajar é alargar os nossos horizontes, é conhecer novas culturas, novos locais, paraísos perdidos que nos fascinam e encantam e se não o podemos fazer fisicamente, podemos sempre fazê-lo através da fotografia e da leitura, essa será a nossa viajem virtual!

7 comentários:

  1. Que bella y lindas imagenes es precioso el parque.
    Saludos y abrazos.

    ResponderEliminar
  2. Dai-me algumas palavras,
    - porém, somente algumas! –
    que às vezes apetece,
    pelos jardins da areia,
    colher flores de espuma.


    Cecília Meireles

    Beijos e meu carinho....M@ria

    ResponderEliminar
  3. Que beleza!
    Obrigada pela viagem!

    Rosa Carioca (PensaSentimentos)

    ResponderEliminar
  4. Belíssima sequência fotográfica acompanhada por texto muio elucidativo, parabéns. Apenas uma informação adicional, os lobos foram reintroduzidos no Parque na década de 80, porque haviam sido extintos muitos anos atrás. A introdução dos lobos contribuiu para o controle populacional de espécies como os servos coelhos e pequenos mamíferos que fazem parte de sua cadeia alimentar. Parabéns pelo blogue, JAIR.

    ResponderEliminar
  5. LINDA reportagem adorei
    Senti saudades vim e valeu a pena


    Para ti...


    Uma Flor ...ESPECIAL...


    A ti...
    Flor de porcelana...
    Que no meu jardim...
    Floria...
    E me deixava feliz...
    E que recordo...
    Com muita saudade...
    E deixo...
    Nestas linhas...
    Uma singela homenagem...
    À flor...
    Mais linda...
    Que Angola tem...
    E que o mundo já viu...

    LILI LARANJO

    ResponderEliminar
  6. Maria, aqui estou!

    Sentei na poltrona e me senti em viagem... lindo lugar, um passeio e tanto vc me proporcionou.

    Ótimo fim de semana!!!

    E um bjo!! =*

    ResponderEliminar
  7. Olá , sempre com belas postagens.Parabens!
    Bjs

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.