sábado, 12 de maio de 2012

Divagar pelo Kenrokuen Garden



Hoje vamos divagar por mais um jardim fantástico na cidade de Kanazawa no Japão, o Kenrokuen Garden.

Kenrokuen é um dos três mais belos jardins do Japão, foi criado entre a 1620 e 1840 pelo clã Maeda, os senhores feudais de Kaga como seu jardim privado. Várias técnicas de jardinagem foram usadas ao longo destes anos para o completar.


Foto:https://www.traveljapan.com

O nome Kenrokuen significa "Six Attributes Jardim" (os seis atributos de um jardim). Para ser o jardim perfeito, deverá ter os seis atributos: espaço, reclusão, artifício, antiguidade, cursos de água e panoramas. Por uma questão de fato, é difícil encontrar um jardim, mesmo com três ou quatro destes atributos. No entanto, Kenrokuen tem todos eles!


Foto: http://www.kanazawa-tourism.com

Vamos conhecer alguns dos seus pontos principais:

A lagoa Kasumiga-ike
Kasumiga-ike Pond – esta lagoa está localizada em torno do centro de Kenrokuen, e é o maior lago do jardim. A lagoa tem lugares com paisagens lindíssimas e organizadas à sua volta, como a casa de chá Uchihashi-tei, a lanterna Kotoji a ponte Niji-bashi, e ilha Horai.


Foto: wikipedia_Author 663highland

Kotoji Lantern
As Lanternas de pedra são um componente indispensável de jardins japoneses. Há 18 tipos de lanternas de várias formas e tamanhos em Kenrokuen. As de duas patas, Lantern Kotoji são as mais famosas. "Kotoji" é a ponte do koto japonês (harpa), que suporta as cordas. Esta Lanterna Kotoji tornou-se o símbolo da prefeitura de Ishikawa devido à sua forma original.


Foto: wikipedia_Author Japanexperterna.se


Uchihashi-tei Tea House
Uchihashi-tei é uma das quatro casas de chá em Kenrokuen. A casa é suportada pelas pernas de pedra, mas parece que flutua na Lagoa Kasumiga-ike.


Foto: wikipedia_Endroit


Gankou-bashi Bridge
Gankou-bashi é uma ponte feita de 11 pedras em forma de tartaruga representando gansos em formação a voar. É também chamado de "Tortoise Shell Bridge" por causa da forma de cada etapa.


Foto: wikipedia_Rei

Foto: http://www.shozen.net

A abundância de água derramada em ribeiros sinuosos, enche as lagoas e cascatas. Esta grande quantidade de água deve-se a um belo rio chamado Saigawa que está localizado um quilômetro para o sul. O leito do rio atinge uma altitude de 100 metros acima do nível do mar a cerca de 10 quilômetros de Kenrokuen. Um terço dos canais da área de água construídos em Kenrokuen recebe o seu fluxo de água sem o auxílio de dispositivos mecânicos. A construção do sistema de água foi concluída em 1632 e ainda opera perfeitamente.


Foto: wikipedia_Author 663highland

Shichi-fukujin-yama (Seven Lucky Gods Hill)
Shichi-fukujin-yama (Sete Colina dos Deuses da Sorte), deve o seu nome às sete pedras de formato natural que estão organizadas como os sete deuses da sorte. Transmite a atmosfera do tempo antigo com correntes de vento, construída em cima do monte e com lanternas de pedra Yukimi.


Foto: wikipedia_Bernard Gagnon


No final de abril até ao inicio de maio as cerejeiras - Kikuzakura (Chrysanthemum Cherry) - florescem e com as suas 300 pétalas em cada flor tornam o parque ainda mais magnifico.


Foto: wikipedia_Author Jovandavid


Meiji Monument
O Monumento Meiji é dedicado aos soldados que morreram na batalha Seinan. Foi erguido em 1880 e acredita-se que foi a primeira estátua de bronze no Japão. A estátua de Yamatotakeru-no-Mikoto encontra-se no centro e o monumento para as vítimas da guerra à esquerda.

Foto: http://turismo.culturamix.com

Shigure-tei
Shigure-tei é uma casa de chá reconstruída em 2000, juntamente com o desenvolvimento de um novo jardim adjacente à casa de chá.


Foto:  http://www.globeimages.net

Sekirei-jima (Wagtail Island)
O nome de Sekirei-jima vem do mito japonês que uma alvéola ensinou o primeiro deus e deusa (Izanagi e Iganami) como fazer uma criança. A frente do portão de torii tem um painel de pedra com a inscrição "Sanja (três santuários)" e as três pedras na ilha representam nascimento, casamento e morte, que simbolizam os três principais cerimônias da vida.


Foto: http://www.gojapango.com

Neagari Matsu
Neagari é um pinheiro incomum que mostra mais de 40 raízes grandes e pequenas levantadas a cerca de 2 metros do chão. Foi plantado perto do lago Biwa a partir de sementes pelo 13th lord Nariyasu de Karasaki. É um dos marcos da Kenrokuen.


Foto: wikipedia_Fg2

Hisago-ike
Hisago-ike é uma das lagoas de Korakuen, ela tem várias pequenas e grandes ilhas, simbolizando a juventude perpétua e longevidade.


Foto: http://www.kanazawa-tourism.com

No centro de Hisago-ike, situa-se o Kaisekito Pagoda , um pagode com 4,1 metros de altura. Nesta lagoa encontra-se também a cascata Midori-taki que pode ser apreciada em toda a sua beleza, a partir de casa de chá Yugao-tei estando do outro lado da lagoa. Esta cascata artificial tem 6.6m de altura e 1,6 m de largura.


Foto: wikipedia_Endroit

A lagoa está ligada por terra à casa de chá Yugao-tei , o edifício mais antigo no jardim, construído 1774, na mesma altura que a cascata.

Foto: http://www.japaneselifestyle.com.au

Fountain
Diz-se que esta fonte é a mais antiga do Japão. A água da fonte vem da lagoa Kasumiga-ike, e jorra devido à pressão natural causada pela diferença nos níveis de superfície dos dois lagos.


Foto: http://www.globeimages.net/

Ishikawamon Gate
Este complexo é um dos poucos remanescentes do que foi outrora a residência dos poderosos governantes do castelo feudal de Ishikawa.


Foto: http://www.japaneselifestyle.com.au/

Seisonkaku Villa
Seisonkaku é a residência de aposentadoria construída em 1863 pelo XIII lorde do clã feudal Maeda para a sua mãe. O interior é aberto ao público como museu da era samurai. O abrir do portão vermelho para Kenrokuen indica que a residência pertencia a uma mulher de alto escalão.


Foto: http://alljapantours.com

Korakuen é um jardim maravilhoso que pode ser apreciado durante todo o ano, pois tem uma beleza muito especial em cada estação.


Foto: Wikipedia_Chris Gladis

Foto: http://www.igpoty.com

O visitante perde-se da realidade conseguindo sentir toda a harmonia e equilibrio que existe entre o que foi construído pela mão do homem e a natureza. Caminhar ao longo dos lagos, apreciar as pitorescas colinas, os riachos, pontes, as tradicionais casas de chá rodeadas de árvores antigas, é deixar divagar a alma .

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.japaneselifestyle.com.au/travel/kanazawa_kenrokuen_garden.htm; http://www.kanazawa-tourism.com/; http://www.globeimages.net/; http://www.igpoty.com; http://turismo.culturamix.com; http://alljapantours.com; http://www.gojapango.com; outros


Foto: wikipedia_Endroit

A net é uma janela para o mundo e mesmo sem nos deslocarmos fisicamente podemos sempre viajar e conhecer locais incríveis por esse mundo fora.

4 comentários:

  1. Amiga Maria:
    Nunca o título do teu blogue foi tão apropriado, pois alarguei os meus horizontes com esta magnífica viagem virtual.


    beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Em Curitiba temos a Praça do Japão com jardins temáticos (em tamanho menor) bastantes parecidos com as das suas fotografias. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar
  3. A exuberância das imagens e a clareza dos textos fazem deste "jardim" um modo simples de viajar.

    Obrigada

    ResponderEliminar
  4. Maria, como são repousantes e delicadas estas fotos.
    A natureza é belíssima no japão! Realmente eles cuidam e se dedicam a ela.
    Mais uma viagem com você! Obrigada.
    beijos, amiga.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.