sexta-feira, 15 de junho de 2012

Kakadu National Park


Hoje vamos divagar até ao Parque Nacional Kakadu localizado no Território do Norte da Austrália, a 171 km, ao leste, da cidade de Darwin, capital do território.

Foto: www.travelnt.com


Foi estabelecido em 1981 e cobre uma uma área de 19.804 km². A sua gestão é conjuntamente feita por aborígines proprietários tradicionais e Departamento do Governo australiano de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.


Foto: www.australiangeographic.com.au

Foi considerado pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade, devido aos seus valores culturais e naturais, donde se salienta as gravuras rupestres aborígenes e ao seu ecossistema com uma extraordinária biodiversidade.


* Fotos: Net

“Os proprietários aborígines tradicionais dão as boas-vindas ao Kakadu National Park. Estamos felizes e orgulhosos de compartilhar este lugar especial com você.”




O nome Kakadu vem da pronúncia de Gaagudju, que é o nome de uma língua aborígine anteriormente falado na parte norte do Parque.


Foto: www.opentravel.com

Esta reserva arqueológica e etnológica única, tem sido habitada continuamente desde à pelo menos 20.000 anos.


Foto: www.tripscout.net

Kakadu National Park é conhecido pela riqueza e interesse cultural dos seus aborígenes locais. Há mais de 5000 sítios de arte que ilustram a cultura aborígene gravados ao longo de milhares de anos. As pinturas e gravuras rupestres gravadas são testemunhos do modo de vida dos habitantes da região, desde os caçadores-coletores de tempos pré-históricos para os povos aborígenes que ainda vivem lá.


* Fotos: Net

Aproximadamente 500 pessoas aborígenes residem no parque, incluindo os proprietários tradicionais e indígenas com reconhecidos vínculos sociais e tradicionais da área.


Foto: http://www.pleasetakemeto.com/

Os proprietários aborígines tradicionais do Parque são descendentes de grupos de clãs diferentes da área de Kakadu e têm uma filiação de longa data com este país. O seu estilo de vida mudou nos últimos anos, mas os seus costumes e crenças tradicionais continuam a ser muito importantes.


Foto: fieldherpforum.com


Há várias formas de relevo em Kakadu National Park: o planalto e escarpa Arnhem Land, conhecido como o país de pedra; as terras baixas, as colinas e bacias do sul, as várzeas, e as planícies costeiras e ribeirinhas.


  Foto: http://fredwasmer.com

Cada plataforma de relevo com áreas geográficas distintas leva a que exista uma flora especializada consoante o local, uma gama própria de habitats.


* Fotos: Net

O clima tropical de monções, com a sua marcada estação chuvosa e seca, é o principal fator determinante da superfície hidrográfica, da água, vegetação e, ao longo do tempo, dos acidentes geográficos da região do parque.  Existem muitas quedas de água e desfiladeiros dentro do Parque tais como Maguk, Gunlom, mas as grandes estrelas são as Twin Falls e Jim Jim Falls.

Nas Jim Jim Falls a água caí de uma altura de mais de 200 metros.


Foto: www.wallpapers.brothersoft.com

Perto da fronteira leste do parque e a 80 km ao sul de Jabiru, na escarpa Arnhem Land, estão localizadas as Twin Falls, também conhecidas como Gungkurdul. O seu desfiladeiro é belíssimo.


Foto: www.abc.net.au

Os visitantes podem explorar esta área através espectaculares e desafiadoras caminhadas ou fazer um passeio de barco nas suas águas cristalinas.

Kakadu é o exemplo único de um complexo de ecossistemas, incluindo planícies, várzeas, planaltos, e oferece um habitat para uma vasta gama de plantas raras ou endêmicas e espécies animais.


Foto: http://fieldherpforum.com

A orla costeira, a norte, compreende mangais e florestas de chuvas, é território do crocodilo-de-água-salgada que chega a atingir os 7 m, e refúgio de muitas espécies de aves migratórias.


Foto: wikipedia_LivioAndronico2013

O território central é composto por florestas de planície que culminam em escarpas rochosas no planalto de Arnhem Land e são cinco os rios que a atravessam. Esta é a região do parque mais rica em abundância animal.


Foto: www.auswalk.com.au


Kakadu National Park é a área com a flora mais diversa e mais natural do norte da Austrália, com mais de 1700 espécies de plantas registradas e com 46 espécies de plantas consideradas raras ou ameaçadas, e nove restritas ao parque. A vegetação pode ser classificada em 13 grandes categorias, das quais sete são dominados por uma espécie distinta de Eucalyptus.




Nas várzeas, que são inundadas durante vários meses do ano são comumente encontrados os lírios de água, tais como o azul, amarelo, floco de neve branco e rosa.


* Fotos: Net

Kakadu é um dos parques mais ricos do mundo da vida selvagem. De entre as 117 espécies de répteis existentes no parque, 11 são tartarugas, incluindo a ameaçada tartaruga careta, 36 cobras terrestres, das quais quatro são consideradas letais para o ser humano, como a Pseudonaja nuchalis. É o habitat de reprodução mais importante no mundo para o crocodilo de água salgada também ele incluído nos répteis ameaçados.


Foto: www.amazingaustralia.com

Suporta mais de 10.000 espécies de insetos, sendo talvez os mais marcantes e impressionantes os montes de térmitas na parte sul do Parque.


* Fotos: Net

Um terço das espécies de aves da Austrália e um quarto da sua água doce e espécies estuarinas de peixes são encontrados em Kakadu. Grandes concentrações de aves aquáticas (2,5 milhões) fazem uso das várzeas do parque e há uma diversidade de invertebrados, incluindo 55 espécies de cupins e 200 espécies de formigas (10% do número total mundial), bem como uma ampla diversidade de pequenos mamíferos.




O Kakadu National Park é famoso pelas suas zonas húmidas, ou pantanos. Os mais conhecidos são o Yellow Water e as zonas húmidas de Mamukala na região de South Alligator.

As zonas húmidas Mamukala apresentam uma impressionante variedade de aves, que podem ser vistas a partir de uma plataforma de observação e de uma pista de caminhada na estação seca.


www. trekearth.com_Nikki Francis


A região húmida de Yellow Water, está localizada no centro do Parque, faz parte da planície de inundação do Sul Alligator River e é uma Meca para a fauna e flora. Durante o inicio da estação seca, um passadiço permite aos visitantes observar a vida selvagem.


Foto: https://citrawidiastuti.wordpress.com


Para conhecer mais de perto todos os aspectos das zonas húmidas de Yellow Water os visitantes podem fazer cruzeiros turisticos através desta região. Os cruzeiros ao pôr e nascer do sol são lindos e muito apreciados.


* Fotos: Net


O Kakadu National Park oferece uma vasta gama de serviços para atender às necessidades dos visitantes. Existem várias opções de alojamento no Parque, desde hotéis, residenciais e áreas de campismo. Outra opção de alojamento poderá ser na cidade de Jabiru.


Foto: http://theadventuresofpriscillaqotd.blogspot.pt/

Kakadu é uma paisagem cultural viva!

Visite o Site Oficial do parque: Kakadu National Park

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://whc.unesco.org/en/; http://kakadu.com.au/; http://www.environment.gov.au/parks/kakadu/; http://www.jimjimfalls.com/; http://www.planetazul.pt/; http://www.australia.com/; www.wallpapers.brothersoft.com; www.gopixpic.com; www.opentravel.com; www.tripscout.net; www.amazingaustralia.com; www.auswalk.com.au ; www.abc.net.au; http://www.pleasetakemeto.com/; http://fredwasmer.com; outros.

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.


Foto: www.habitatadvocate.com.au

“A natureza não faz nada em vão.” (Aristóteles)

3 comentários:

  1. Tantos passarinhos azuis, tenho que lá ir :))
    Deve ser uma maravilha, as imagens assim o comprovam.

    beijinhos amiga Maria

    ResponderEliminar
  2. Olá amiga

    Que fotos maravilhosas!...

    Após ausência por motivos de saúde, passo para deixar um beijinho e informar que, embora ainda em recuperação, estou de volta à blogosfera e aos poucos, dentro das minhas possibilidades, visitarei todos os amigos de quem já tenho muitas saudades.

    Tétis

    ResponderEliminar
  3. .



    Maria,
    O seu blog é encantador,
    mas o comentário que você
    fez no Blog do Bar do Es-
    critor, que não é meu, a
    não ser o texto em ques-
    tão, não tem preço.
    Adorei e agradeço a visi-
    ta o beijo e as portas do
    seu blog que você abriu
    pra mim.

    Um beijo do,

    Palhaço Poeta






    .

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.