sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Templo Wat Rong Khun


Hoje vamos divagar até Chiang Rai na Tailândia para conhecer o Templo Wat Rong Khun.


Foto: Trekearth_ Wishnugaruda


Wat Rong Khun é um templo contemporâneo não convencional Budista e Hindu.


Foto: http://secondglobe.com

Foto: Trekearth_ Axiota


Foi projectado pelo professor Chalermchai Kositpipat em 1997 e ainda não se encontra acabado.


Foto: wikipedia_Author Ddalbiez

Encanta pela sua magnitude, a cor branca representa a pureza de Buda e o vidro branco a sua sabedoria.


Foto: Trekearth_ Cricri


Para entrar no templo deve-se seguir o caminho frontal e passar pela ponte como um ritual de purificação.


Foto: http://www.kbguy.com

A ponte representa a travessia do ciclo de renascimento, e o grande círculo com dentes é a boca de Rahu, que representa o inferno e sofrimento.


Foto: http://travelsurround.com

Antes da ponte atravessa-se um mar de mãos desesperadas que representam o mal e as trevas.


Foto: Trekearth_ Wasabi


Surgem mais à frente dois guerreiros em posição de ataque para impedir que o mal cruze a entrada do templo.


Foto: wall.alphacoders

Wat Rong Khun é realmente um templo exótico e diferente.


Foto:wikipedia_Author Ddalbiez

Foto:whenonearth.net

Fotos e Fotos: Wikipedia; http://wetete.com/templo-wat-rong-khun/; http://www.minube.com.br/; www.thaiguidetothailand.com/; http://travelsurround.com; whenonearth.net; wall.alphacoders; outros

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.


Foto: Trekearth_ Justyna


“A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível.” (Leonardo da Vinci)


9 comentários:

  1. Olá Maria!
    É sempre tão bom vir aqui, pena que nosso tempo está sempre curto. Mas eu me encanto com seus posts, que maravilha tudo isto, a capacidade do ser humano é sem limites. A frase de Leonardo da Vinci diz tudo. Nossas palavras não conseguem traduzir. É olhar, admirar e deixar o coração sentir. Belíssimas obras de arte! Bjs. Ieda.

    ResponderEliminar
  2. Maria que linda esta postagem, nossa este Templo é magnífico, fiquei um bom tempo observando, que espetáculo, obrigada por compartilhar, beijos Luconi

    ResponderEliminar
  3. Para prazer dos olhos e vaidade dos humanos...
    Bela obra
    BFS
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Nossa!!! Eu não me canso de viajar na alvura destas construções fantásticas. Recebi por email, dia destes, estas imagens e fiquei apaixonada. Quanta sensibilidade na projeção destas construções...
    Lindo de VIVER!!!
    Beijinhos, minha amiga e meu carinho sempre!!!!

    ResponderEliminar
  5. Maria,

    Este lugar existe mesmo ou é uma miragem ?!?! Que LINDOOOOO!!!!! As mãos dos homens podem construir coisas tão belas!

    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Quanta beleza, Maria! Você proporciona passeios magníficos e ricos. Bjs.

    ResponderEliminar
  7. Oi Maria, mais uma vez vc nos presenteia com maravilhas com estas as calçadas parece um sonho. As igrejas cada qual mais bonitas, a da Sagrada Familia em Barcelona eu conheçí quando estive na Europa assim como Lisboa, fui até Fátima . Obrigada amiga pela BELEZA, Um abraço carinhoso. Celina.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.