sábado, 19 de outubro de 2013

Longwood Gardens



Os jardins de Longwood localizam-se em Brandywine Creek Valley, na Pennsylvania, nos EUA.


Foto:www.ars.org

Foto: www.finegardening.com

Foto: s276.photobucket.com_user_Sandyrn6

Foto:www.panoramio.com_Peter_Bond


É composto de mais de 1.077 acres (4,2 km ²) de jardins, bosques e prados, foi um dos primeiros jardins botânicos dos EUA e é um dos mais importantes.


Foto:gardenwalkgardentalk.com

Foto: Landmarksociety.org

Foto:fineartamerica.com


Foto:www.adtca.com


O que é agora Longwood Gardens foi originalmente comprado a William Penn em 1700 por Quaker George Peirce ( 1646-1734 ). Embora tenha começado como uma fazenda, em 1798, os irmãos gêmeos Joshua e Samuel Peirce começaram a plantar na propriedade os primeiros espécimes de plantas de viveiro.


Foto:www.panoramio.com_Edm

Foto: www.panoramio.com_Jacrabit

Foto: nobility.org

Foto: www.theusatravel.net


Originalmente era chamado de Parque de Peirce. Em 1850, eles possuiam uma das melhores coleções de árvores no país.


Foto: www.longwoodgardens.org


Em 1906, o Industrial Pierre S. du Pont (1870-1954) comprou a propriedade da família Peirce, tendo acrescentado e melhorado extensivamente os jardins da propriedade adicionando recursos no jardim para depois participar de feiras mundiais. Uma das adições mais notáveis é o sistema extensivo de fontes.
 

Foto:www.longwoodgardens.org


Hoje, o Longwood Gardens é composto por 20 jardins ao ar livre e 20 jardins interiores dentro de 4,5 hectares ( 18.200 m²) de estufas aquecidas, conhecidos como conservatórios. Ele contém mais de 11 mil tipos diferentes de plantas e árvores.


Foto: www.peek.com

Foto: gardenwalkgardentalk.com


Foto: www.nytimes.org


Lá se podem encontrar uma imensa diversidade de flores ...


Foto:diversos net

Foto: www.city-data.com

Foto:www.uwishunu.com

Foto: www.longwoodgardens.org


Um colírio constante para os olhos, um divagar pelas cores, texturas e cheiros da natureza.


Foto: appalachianviews.photoshelter.com


É palco de vários programas educacionais, incluindo uma escola de curso livre de dois anos de horticultura profissional. Realiza eventos artísticos anuais, a partir de exposições de flores, demonstrações de jardinagem, cursos e programas infantis para concertos, recitais de órgão e carrilhão, teatro musical , shows de fontes, e fogos de artifício.


Foto: www.longwoodgardens.org

Foto:www.longwoodgardens.org

Foto: www.longwoodgardens.org


Conservatório do Longwood é uma das maiores estruturas de efeito estufa do mundo. É o lar de 5.500 tipos de plantas, em 20 jardins interiores. Cada um dos jardins do conservatório tem as suas próprias telas requintadas de plantas, incluem o Laranjal, Silver garden, Acacia Passage, Orchid House (com cerca de 7.500 orquídeas), Cascade Garden, Rose House, Palm House, Camellia House, Mediterranean Garden, entre outros.


Foto: www.smscs.com

Foto: wikipedia_Author_Geraldshields11

Foto: www.cedarknolbuiders.com


No Rose House Fileiras de rosas coloridas deslumbram os olhos, enquanto belas fragrâncias pairam no ar. As rosas são complementadas por plantas de hibisco chineses e trepadeiras tropicais floridas.




Desde a sua data de construção original , em 1919,Longwood Gardens passou por ampliações e reformas.


Foto: www.sharewonders.com


Estes maravilhosos jardins atraem milhares de visitantes todos os anos.

Visite o Site Oficial: Longwood Gardens

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://longwoodgardens.org/; www.ars.org; www.sharewonders.com; appalachianviews.photoshelter.com; www.cedarknolbuiders.com; www.smscs.com; www.finegardening.com; www.city-data.com; www.nytimes.org; gardenwalkgardentalk.com; www.peek.com; www.theusatravel.net; nobility.org; www.panoramio.com; www.adtca.com; fineartamerica.com; Landmarksociety.org; s276.photobucket.com; gardenwalkgardentalk.com; www.uwishunu.com; outros net



Não podendo conhecer ao "vivo" todos os incriveis locais do nosso planeta, podemos sempre viajar através de fotografias e de texto. A net é o meu meio de alargar os horizontes, de conhecer sitios muitas vezes longínquos, outras bem mais pertinho, mas sempre locais com uma beleza muito especial e própria que encantam o olhar e ajudam a aliviar a alma das agruras que por vezes me atormentam. O meu sincero OBRIGADO a todos os fotografos que permitem a todos nós divagar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.