domingo, 1 de dezembro de 2013

As GALINHAS de Porto Galinhas




A arte manifesta-se nas mais diferentes formas e nos mais diversificados materiais. Hoje vamos apreciar as GALINHAS de Porto Galinhas, feitas de antigos troncos de palmeiras.






Porto de Galinhas é uma conhecida praia da Região Nordeste do Brasil, localizada no município de Ipojuca, no estado de Pernambuco.







A sua fama deve-se, principalmente, às belezas naturais: piscinas de águas claras e mornas formadas entre corais, estuários, mangues, areia branca e palmeiras.





Inicialmente, a praia era chamada de Porto Rico, devido à sua abundância em pau-brasil. No auge da escravidão no Brasil, era o principal ponto de comércio de escravos ilegais no nordeste brasileiro. Muitas vezes, os mesmos chegavam escondidos debaixo de engradados de galinhas d'angola. A chegada dos escravos ilegais ao porto costumava ser anunciada pela frase tem galinha nova no porto! Desta forma, a praia de Porto Rico ficou conhecida como Porto de Galinhas.







As galinhas são o símbolo da cidade, elas encontram-se por todo o lado sinalizando ruas, restaurantes, e todo o tipo de comércio. Com cerca de um metro e meio de altura, elas aparecem nas mais diferentes formas, desde galinha dona de casa, galinha turista, galinha surfista ....






O artista chama-se Carcará é de Olinda mas vive já há bastantes anos em Porto Galinhas. A Prefeitura de Ipojuca disponibiliza as raízes dos coqueiros e ele as transforma nestas belas peças. Leva cerca de sete dias para fazer uma galinha e as portas do seu ateliê, que se situa perto do hotel Armação de Porto, estão sempre abertas aos turistas, quer para conhecerem a sua arte, ou mesmo para fazer alguma encomenda.

Texto: Wikipedia e net
Fotos: António Rodrigues




"A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível." (Leonardo da Vinci)

1 comentário:

  1. Passei por aqui para espreitar o teu blog e ao mesmo tempo desejar festas felizes.
    Como sempre, tens aqui interessantes trabalhos.
    Um abraço.
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.