sexta-feira, 21 de junho de 2013

A Mística região de Wulingyuan - Fonte de inspiração para "Avatar"

Foto: flickr_lacitadelle


A incrível região de Wulingyuan fica na província de Hunan, na China. Foi declarada Património Mundial em 1992 na Área de Interesse Cênico e Histórico. As características geográficas mais notáveis do parque são as suas formações em forma de pilares, que existem por todo o parque, sendo mais de 3.000 e cuja maioria tem mais de 200 metros de altura.


Foto: www.shafir.info_Copyright_Alexander Shafir


Entre as formações, compostas principalmente de arenito quartzo, existem desfiladeiros nos quais se encontram riachos, lagoas, piscinas naturais, cascatas, cavernas, e duas grandes pontes naturais.


Foto:iliketowastemytime.com

Foto: www.explorezhangjiajie.com


Segundo estudos feitos por geólogos, aquela região à mais de 300 milhões de anos era um oceano. Posteriormente, o oceano retrocedeu e deixou expostas as rochas sedimentares, que através das erosões de chuva e do vento durante milhões de anos, se tornaram nos actuais picos, precipícios e pontes naturais.


Foto: www.chinadiscover.net


Wulingyuan têm mais de 100 cavernas, sendo a Huanglong ou Yellow Dragon Cave (Caverna do Dragão Amarelo) na reserva natural de Suoxiyu, uma das maiores e a mais famosa. Dividida em quatro camadas, a caverna do Dragão Amarelo tem um lago, dois rios, três cataratas, 13 salões e 96 corredores com uma extensão total de 15 quilómetros.


Foto: forum.detik.com


O tempo é húmido durante todo o ano, tem como resultado, uma exuberante e densa vegetação. As florestas virgens cobrem cerca de 88% de Wulingyuan. Além da notável beleza da sua paisagem, a região é também importante pelo fato de abrigar várias plantas e espécies animais em risco de extinção.


Foto: www.shafir.info_Copyright_Alexander Shafir


Existem cerca de 3.000 espécies de plantas dentro da área, incluindo cerca de 600 espécies de plantas lenhosas, que são divididos de forma bastante equilibrada entre as espécies tropicais / subtropicais e temperadas. Muitas das espécies são de grande valor para a madeira, fins médicos ou ornamental.


Foto: www.shafir.info_Copyright_Alexander Shafir


Há duas pontes naturais espectaculares na área. O Xianrenqias (Bridge of the Immortals - Ponte dos Imortais) com 26 m de comprimento, 1,6 m de largura, 1 a 2 m de espessura e com cerca de 100m de altura e a ponte Tianqiashengkong (Bridge Across the Sky - a ponte através do céu) tem 40 m de comprimento, 10 m de largura e 15 m de espessura, sobe 357 m acima do vale, tornando-se uma das maiores pontes naturais do mundo.


* Foto: Net


Nos tempos antigos, o local era distante, inacessível e raramente visitado, e assim permaneceu quase intocado pelo homem, até a fundação da República Popular da China em 1949. Desde aquela época ele esteve sob a administração de três governos municipais, até o Distrito Wulingyuan ter estabelecido e instruído a proteção do local, fechando algumas colinas para facilitar a arborização. Wulingyuan abrange o Parque Nacional Florestal de Zhangjiajie, a Reserva Natural de Suoxiyu, a Reserva Natural de Tianzishan e a Reserva Natural de Yangjiajie.




O Zhangjiajie National Forest Park um dos seus parques florestais, foi reconhecido como o primeiro parque florestal nacional da China em 1982. Tem uma área 4810 hectares. Em 2004, Zhangjiajie Geopark foi listado como um Geoparque Mundial da UNESCO.


Foto: WIKIPEDIA_SEVERIN.STALDER


Um dos pilares do parque com a 1.080 m de altura o Southern Sky Colum (a Coluna do céu do sul), foi rebatizado oficialmente em janeiro de 2010, como "Avatar Hallelujah Mountain" em honra do filme “Avatar”, filme inspirado nas paisagens da região.


Foto: picturest.blogspot.com


A 8 quilómetros ao sul da cidade de Zhangjiajie fica localizada a Tianmen Mountain, a montanha mais alta da Zhangjiajie com 1.518 metros de altitude acima do nível do mar e que é muitas vezes considerada como o símbolo e alma de Zhangjiajie.


Foto: /tianmen-mountain

Foto: iliketowastemytime.com


No precipício da montanha fica a Tianmen Cave, que significa em chinês “uma porta para o céu”, e é uma caverna espectacular. A entrada da caverna tem 131 metros de altura e 57 metros de largura, sendo considerada a maior entrada de caverna do mundo.


Foto: www.chinatraveldepot.com

Foto: wikipedia

Foto: www.easytourchina


Para se alcançar a entrada da caverna foi construída uma escada com 999 degraus, um número especial para os chineses que significa eterno, vida para sempre. 


Foto: www.easytourchina2


Um teleférico foi construído para o topo da montanha. O Tianmen Mountain Cableway é o teleférico de passageiros mais longo do mundo, com um comprimento de 7.455 metros, a partir do centro da cidade de Zhangjiajie ao "Jardim Suspenso" no pico. Uma viagem incrível que permite apreciar toda a paisagem.


Foto: www.chinatravelca.com


Também uma ponte de vidro, foi inaugurada ao redor desta da montanha Tianmen. Possui 90 centímetros de largura e 61 metros de extensão, tem o piso de vidro, e encontra-se a mais de 1,4 quilómetro de altura. Não é certamente um caminho para todos, pois de um lado, está a parede pura da rocha, e do outro uma queda de 4.000 pés separada por um parapeito de vidro. Os turistas são convidados a colocar proteções nos sapato antes de passar para ajudar a manter o caminho limpo.


Foto: wikipedia


Outrora de dificil acesso esta região é de uma rara e espantosa beleza, um local verdadeiramente impressionante.


Foto: www.easytourchina9


Fontes e Fotos: Wikipedia; http://iliketowastemytime.com/; http://parquessustentaveis.blogspot.co.uk/; http://www.chinatravelca.com/places/zhangjiajie/; http://www.chinadiscover.net/; www.easytourchina9; besttripdestinations.blogspot.pt: travelerfolio.com; http://picturrest.blogspot.pt/2013/04/hallelujah-mountains-zhangjiajie.html;www.chinatraveldepot.com; http://whc.unesco.org/en/list/640; outros net

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.


Foto:iliketowastemytime.com


A fotografia, é um transporte muito especial para podermos viajar sem sairmos da nossa casa. Ela permitindo-nos conhecer locais e culturas que de outra maneira seria impossível. O meu muito obrigado a todos os fotografos que nos brindam com a sua arte ajudando-nos a divagar e a alargar os nossos horizontes.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Divagando pelos jardins de Hangzhou




Hangzhou é a capital da província de Zhejiang na China. É uma cidade com muitos locais históricos encantadores mas Hoje vamos apenas divagar ao redor de West Lake.


Foto: Panoramio_Photos by Peter Shelly

Foto: www.chinauniquetour.com

Foto: Panoramio_Photos by solemx


Hangzhou é conhecida em todo o mundo pela sua paisagem deslumbrante ao redor do West Lake (Lago Oeste), tendo este maravilhoso lago sido considerado Patimónio da Humanidade pela UNESCO em 2011.


Foto: wikipedia_greudin

Foto: Panoramio_Photos by Irynne

Foto: wikipedia_vmenkov


No lago há quatro ilhas, Gushan (Solitary Hill), Xiaoyinzhou (Small Fada Isle), o Mid-lago Pavilion e Rangong Mound (em homenagem a um governador provincial).


Foto:www.chinanavis.com

Foto: www.chinanavis.com


As montanhas que rodeiam o lago encontram-se debaixo de uma cobertura de exuberantes árvores e flores. Picos, rochas, cavernas, nascentes, riachos e desfiladeiros cada um com um fascinio muito especial, que conjuntamente com a arte do homem e à adição de pavilhões. quiosques, pagodes, grutas de pedra e lagoas, tornam este cenário único.


Foto: paradiseinthewordl.com

Foto: www.lovethesepics.com

Foto: Panoramio_Photos by natureboy1


O West Lake (lago oeste) é, antes de tudo, um jardim natural bem preservado. Desde os tempos antigos, um grande número de pavilhões, esplanadas, quiosques e jardins em jardins, foram construídos nas ilhas e margens do lago. O resultado foi uma série de jardins clássicos que estão pitorescamente espalhados e integrados com a beleza natural do lago.


Foto: www.globeimages.net

Foto: www.wallpaper777.com

Foto: www.wallpapersking.com


Na parte noroeste do West Lake Scenic Resort, fica o Jardim Botânico de Hangzhou. Foi originalmente construído em 1965, num trecho da encosta, onde o clima é ameno, e a vegetação exuberante e verdejante. Como um dos melhores jardins botânicos em China, o Jardim Botânico Hangzhou cobre uma área de 230 hectares, tendo um total de cerca de 3400 plantas.


Foto: Hangzhou.com

Foto: www.chinatravelca.com

Foto: www.wildchild.com


Não é apenas um parque onde se pode deleitar os olhos apreciando lindas plantas, mas também é uma base de pesquisa, onde áreas como o cultivo de plantas e proteção do meio ambiente são estudadas. De grande beleza natural, pleno de árvores verdejantes e flores coloridas, este jardim tem um cenário maravilhoso, um ambiente que transmite paz e serrenidade. Toda o encanto da antureza é ainda engrandecido por uma belissima arquitetura decorativa incluindo pavilhões e quiosques.


Foto: wikipedia_Pedronet

Foto: www.wallpaper777.com

O jardim é dividido em duas seções principais: a seção de pesquisa e os jardins de recreio. A seção de investigação é o lugar onde o cultivo de plantas e proteção do meio ambiente estão sendo estudadas. Os jardins de recreio incluem o Botany Classification Garden, Botany Appreciation Garden, Bamboo Garden, Garden of Economic Plants, Plant Resources Museum, e o Medicinal Garden. No Botany Appreciation Garden, o "Lingfeng Tanmei ' é um cenário encantador que chama a atenção dos visitantes, pelas suas mais de 5.000 árvores de ameixa.


Foto: www.mildchina.com


Lingfeng Tanmei foi reaberto em 1988 e é um dos locais favoritos para apreciar as ameixoeiras. Tradicionalmente, a flor de ameixa é o sinal da próxima primavera, e é considerada uma das dez flores tradicionais da china.


Foto: www.mildchina.com


Cada jardim tem características únicas.Mais de 120 espécies de bambu encontram-se no Bamboo Garden sendo especialmenete interessante o bambu chamado Damaozhu que cresce muito rápido podendo atingir cerca de 1 m de altura durante uma noite. Alguns bambus são pequenas como a erva, e outros têm pontos em hastes.


Foto: Panoramio_Photos by OpenBox


Toda a envolvência destes belíssimos jardins e os encantadores templos que os rodeiam criam uma atmosfera de paz, beleza, serenidade e zen.

Fontes e Fotos : Wikipedia; http://www.mildchina.com/; http://www.lovethesepics.com/; http://www.chinatravel.com/; www.chinanavis.com; Panoramio; www.wallpaper777.com; www.chinatravelca.com; www.wildchild.com; www.globeimages.net; paradiseinthewordl.com; www.chinanavis.com; www.chinauniquetour.com; outros net


Foto: Panoramio_Photos by zhangzhugang


Não podendo conhecer ao "vivo" todos os incriveis locais do nosso planeta, podemos sempre viajar através de fotografias e de texto. A net é o meu meio de alargar os horizontes, de conhecer sitios muitas vezes longínquos, outras bem mais pertinho, mas sempre locais com uma beleza muito especial e própria que encantam o olhar e ajudam a aliviar a alma das agruras que por vezes me atormentam. O meu sincero OBRIGADO a todos os fotografos que permitem a todos nós divagar.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Divagar pelos Templos do Imperio Vijayanagara


Foto: Wikipedia_Swifant


Vijayanagara, a "Cidade da Vitória", é o nome da capital agora em ruínas, do histórico império Hindu Vijayanagara que se estendia ao longo da parte sul da Índia e que atingiu o seu apogeu sob o reinado de Krishna Deva Raya (1509-1530).


Foto: wikipedia_Ssenthilkumaran


Localiza-se no Distrito de Bellary, no norte de Karnataka envolvendo a moderna cidade de Hampi. Era e continua a ser um importante centro religioso, abrigando o Templo Virupaksha, entre vários outros monumentos. As ruínas foram declaradas Património Mundial pela UNESCO em 1987.


Foto: wikipedia_Ajar


O cenário natural é uma paisagem montanhosa , atravessada pelo rio Tungabhadra situando-se a maior parte da cidade na sua margem sul. Grandes muros e fortificações de granito talhado defendiam o centro da cidade, construída em torno do centro religioso original do templo Virupaksha.


Foto: www.cepolina.com


Além dos grandiosos templos, um impressionante complexo de edifícios dedicados à realeza ou ao público civil como o elephant stables, Queen's Bath, Lotus Mahal, bazares, jardins e mercados , estão incluídos nas maciças fortificações que, no entanto, não foram capazes de repelir o ataque dos cinco sultões de Deccan em 1565.


Foto: Wikipedia_Srikar.agnihotram


Hemakuta Hill
O monte Hemakuta está situado a sul da vila de Hampi. Existem no local vários pequenos templos que antecedem a construção de Vijayanagara como a capital do império, sendo datados do século 10.


Foto: wikipedia_Aravindreddy.d


The Sacred Center - O Centro Sagrado
Disposto ao longo da margem sul do rio Tungabhadra, o Centro Sagrado do Vijayanagara é composto de templos distintos, em parte definidos por forte paredes. Os santuários Shaivite estão localizados principalmente para o oeste e os santuários Vaishnavite são principalmente para o leste do templo Kodandarama. No centro do complexo encontram-se os santuários para Virupaksha e Pampa. O templo Virupaksha é um importante destino de peregrinação, atraindo grandes multidões. Aqui se localizam também entre outros, os templos de Vitthala, de Krishna e de Achyuta Raya e a estátua de Narasimha.


Foto: www.cepolina.com


Virupaksha Temple
Também conhecido como o templo Pampapati, antecedeu o império, e estendeu-se entre os séculos 13 e 17. O templo ainda está em uso hoje. É dedicado a Virupaksha, um aspecto de Shiva e a sua consorte Pampa, uma divindade local.


Foto: wikipedia_Saranya Ghosh


Krishna Temple
É um templo em ruínas, ao sul de Hampi e na colina de Hemakuta. Foi construído pelo imperador Krishnadevaraya depois de campanhas militares em Odisha.


Foto: wikipedia_Dineshkannambadi


Lakshmi Narasimha Templo
Situa-se a sul de Hampi. Num único bloco de pedra com cerca de 6.7 m de altura foi esculpida a estátua de Narasimha. Narasimha (significa nas línguas locais meio-homem, meio leão-leão) é esta é uma das dez encarnações de Vishnu. A estátua foi recentemente restaurada.


Foto: wikipedia_MKamath


Sugriva's cave
Uma caverna natural que diziam ser a casa original do mitologico rei macaco de Ramamyana.


Foto: 3.bp.blogspot.com


Vittala Temple
Situado a nordeste de Hampi, em frente à vila de Anegondi, é um dos principais monumentos da cidade. É dedicado a Vittala, acredita-se que data do século 16. Uma das características notáveis do Templo Vittala são os pilares musicais. Cada um dos pilares que sustentam o telhado do templo principal é suportado por um pilar que representa um instrumento musical.


Foto: wikipedia_Pushpendra_Gautam


Em frente ao templo está o famoso carro de pedra (Stone Charriot ou Kallina Ratha), um simbolo da perfeição artistica do império Vijayanagara. Não é um carro, como o nome sugere, mas sim um santuário construído em forma de um carro.


Foto: wikipedia_Apadegal

Foto: wikipedia_Arian Zwegers


The King's Balance
Esta estrutura, o Tulapurushandana, fica a sudoeste do templo Vittala. É composto por dois pilares esculpidos em granito, unidos por uma trave horizontal também de granito.


Foto: wikipedia_Rijesh


The Royal Centre - O Centro Real
Esta extensa área consiste de um pequeno planalto, que começa a cerca de 2 km a sudeste de Hampi, e se estende do sudeste, quase até à aldeia de Kamalapuram. Ele é separada do Centro Sagrado por um pequeno vale, agora composta por campos agrícolas, e que transporta canais de irrigação ou córregos que se juntam ao rio oposto Anegondi. O Centro de real contém as ruínas de palácios, edifícios administrativos, e alguns templos diretamente associados com a realeza, como o templo de Hazara Rama, o Elephant stables(Estábulo dos Elefantes), os quarteis, Pushkarani (o tanque dos degraus), o Lotus Mahal (Palácio da Rainha).


Ramachandra Temple ou Hazara Rama Temple
O templo fica num pátio retangular, com entradas que viradas para o leste. Encontram-se vários relevos nas paredes internas e externas. O templo pode ter sido exclusivamente para uso real.


Foto: hazaraRama_Copyright_xsalto_flickr

Foto: hazaraRama_Copyright_paintedlotus_flickr


Lotus Mahal - (Palácio da Rainha)
Era um palácio para a rainha, que tem, entre outras coisas, tubos com água corrente. A sua construção foi posterior ao período Vijayanagara, mostrando esta estrutura influências islâmicas.


Foto: wikipedia_Rijesh


Pushkarani
Também chamado Stepped Bath, ou Queen's bath, era um projecto desenhado para banhos. Estes poços submersos foram criados para proporcionar alívio do calor durante o dia. Teria sido coberto quando a cidade era ocupada.


Foto: www.cepolina.com

Foto: wikipedia_Dey.sandip


Elephant stables - Estábulo dos Elefantes
Era um conjunto de grandes estábulos, para abrigar os elefantes cerimoniais da casa real. A área na frente deles era um ponto de parada para os elefantes e para as tropas. Esta estrutura mostra também a influência islâmica nas suas cúpulas e pórticos arqueados. O quartel dos guardas estavam localizados ao lado do estábulo dos elefantes.


Foto: wikipedia_BjChristian_TCBrrissen


Underground Shiva Temple
Este templo dedicado ao Senhor Shiva foi construído muitos metros abaixo do nível do solo. Por esta razão, o templo está alagado muitas vezes, limitando a entrada para as áreas interiores.


Foto: wikipedia_Ssenthilkumaran

Foto: http_getaway2india.wordpress.com


Este austero e grandioso local foi a última capital do último grande reino hindu de Vijayanagar.


Fontes e fotos: Wikipedia; http://www.mysweeetworld.com/; 3.bp.blogspot.com; http://www.vijayanagara.org/; http://www.cepolina.com/; hampi.in/stone-chariot; http_getaway2india.wordpress.com; www.vijayanagara.org/; http://whc.unesco.org/; outros net

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.


Foto: wikipedia_Srikar.agnihotram


Não podendo conhecer ao "vivo" todos os incriveis locais do nosso planeta, podemos sempre viajar através de fotografias e de texto. A net é o meu meio de alargar os horizontes, de conhecer sitios muitas vezes longínquos, outras bem mais pertinho, mas sempre locais com uma beleza muito especial e própria que encantam o olhar e ajudam a aliviar a alma das agruras que por vezes me atormentam. O meu sincero OBRIGADO a todos os fotografos que permitem a todos nós divagar.