sábado, 26 de outubro de 2013

Mainau a Ilha das Flores

Foto: wikipedia_Stako


Mainau conhecida como a ilha das flores e localiza-se no Lago de Constança em Baden-Württembergna, na Alemanha.


Foto: www.germanyTravel.com


A ilha pertence à Fundação Lennart Bernadotte, uma entidade criada pelo príncipe Lennart, Conde Bernadotte af Wisborg, um ex-príncipe da Suécia e duque de Småland.


Foto: wikipedia_Harke

Foto: Panoramio_Dendrobates


Possuí um castelo barroco que pertenceu durante 500 anos aos cavaleiros da Ordem Teutônica.


Foto: wikipedia_Stako


Distribuídos por 45 hectares, encontra-se uma imensa diversidade de àrvores, plantas e flores.


Foto: wikipedia_Harke


Existem mais de 200 variedades de rodoendros e azaléias, cerca de 30.000 roseiras representando 1.200 variedades, e cerca de 20 mil dálias de 250 variedades. 


Foto: wikipedia_Stako

Foto: wikipedia_Stako


O jardim italiano das Rosas situa-se a sul do castelo de Mainau. Foi originalmente apresentado como um jardim de estilo italiano pelo grão-duque Frederico I de Baden no século XIX. O jardim é composto por linhas geométricas, pérgulas, esculturas e chafarizes. Junho é o mês das rosas.


Foto: www.jazclass.aust.com

No outono as rainhas são as dálias.


Foto: wikipedia


As orquídeas encantam os visitantes, existindo em Mainau algumas espécies endêmicas.


Foto: wikipedia


Na primavera as tulipas com as suas cores brilhantes alegram ainda mais o espaço. Todos os anos os jardineiros de Mainau plantam quase 400 variedades diferentes de tulipas nos canteiros e gramados. 


Foto: wikipedia_Hansueli+Krapf
 
Foto: www.freeimageslive.co.u


Um passeio apreciando as árvores e arbustos de Mainau traz paz e tranquilidade.


Foto: bastylica.net

Foto: wikipedia_Author_Mummelgrummel


O arboretum de Mainau foi criado em 1853, quando o Grão-Duque Friedrich comprou a ilha. Ao longo dos anos, ele gradualmente aumentou a coleção de árvores exóticas, a partir de quase todos os continentes, existindo mais de 250 espécies de árvores e arbustos, entre as quais se encontram árvores gigantescas (Sequoiadendron giganteum).


Foto: wikipedia_Author_Adrian+Michael


Na Palm house podem ser apreciadas mais de 20 tipos diferentes de palmeiras. É um espaço lindo e acolhedor onde se fazem exposiões de orquídeas, sendo utilizado também para recepções de casamentos e concertos. 


Foto:www.germanyTravel.com


A casa das borboletas (Butterfly house) é um dos principais destaques da Mainau. Num ambiente exótico e com uma extraordinária vegetação é possível contemplar o fascinante mundo das borboletas tropicais, (cerca de 80 espécies diferentes) de África, Ásia, América Central e América do Sul. 


Foto: flickr-Andreas+Graemiger


Mainau é uma ilha encantadora, para conhecer ainda melhor pode visitar o seu Site Oficial: Mainau

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.germany.travel/pt/; http://bastylica.net/; http://www.jazclass.aust.com/travel/; http://www.mainau.de/home.html; Panoramio; Flickr; outros

Foto: andrerieufan.com


Não podendo conhecer ao "vivo" todos os incriveis locais do nosso planeta, podemos sempre viajar através de fotografias e de texto. A net é o meu meio de alargar os horizontes, de conhecer sitios muitas vezes longínquos, outras bem mais pertinho, mas sempre locais com uma beleza muito especial e própria que encantam o olhar e ajudam a aliviar a alma das agruras que por vezes me atormentam. O meu sincero OBRIGADO a todos os fotografos que permitem a todos nós divagar.

domingo, 20 de outubro de 2013

Visita ao Jardim Zoológico de Lisboa


Hoje passei uma manhã maravilhosa no  Jardim Zoologico de Lisboa,  com o meu marido e meu filhote Pedro.






Todos os anos a empresa onde trabalho "Unilever Jerónimo Martins" oferece convites para os empregados poderem passar o dia no Jardim Zoologico de Lisboa. É sempre um dia muito agradável e especial.




Com a OLÁ começamos a manhã numa partilha de felicidade, boa disposição e alegria.




Os patinhos ainda estavam apenas "meio" acordados.




O nosso começar da "descoberta" do Zoo...





As primitivas instalações foram no Parque de São Sebastião da Pedreira, vindo a ser transferidas em 1894 para os terrenos de Palhavã,  onde hoje se situa a Fundação Calouste Gulbenkian. Mais tarde, em 1905,  foi transferido para a sua actual localização, na Quinta das Laranjeiras, em Sete Rios. Os seus idealizadores foram Dr. Van Der Laan, o Dr. Sousa Martins e May Figueira. Juntos decidiram formar uma sociedade zoológica e de aclimação de animais e plantas nos moldes das que já existiam em França e nos Países Baixos. O Jardim Zoológico foi inaugurado em 1884.







Começamos a nossa visita pela Quintinha





Há entrada do Templo dos Primatas




Observando e sendo observados ...












Os domínios do "Rei" da selva




Visitando a aldeia dos macacos





Como habitualmente fomos andar de teleférico. Este dá uma volta completa ao parque, num circuito em forma de triângulo e atingindo uma altura máxima de cerca de 20 metros. Possibilita-nos ver o parque numa perspectiva bem diferente.







Passando pela Baía dos Golfinhos.




Olha para nós confraternizando ...




Apenas .... côr e beleza  ....











O encanto das flores ....








Uma bonita fonte ... a relembrar  tempos passados ...




Possante o rinocerante branco passea pelos seus domínios ...




Os urso brincando .... e passeando





Não deu para ficarmos da parte da tarde pois o Pedro tinha escuteiros, mas foi uma manhã fabulosa. Deixo para TODOS os amigos esta linda flôr para alegrar o vosso domingo.




Foi só pena ter-me esquecido da máquina fotográfica e ter de tirar as fotos com o telemóvel, pelo que não são da melhor qualidade, mas o importante foi o prazer da visita a este espaço maravilhoso.