sábado, 8 de fevereiro de 2014

Divagar pelas Ilhas Maldivas

Hoje vamos divagar até às paradisíacas ilhas das Maldivas. A República das Maldivas é um pequeno país insular situado no Oceano Índico ao sudoeste do Sri Lanka e da Índia, ao sul do continente asiático.




É constituída aproximadamente, 1190 ilhas de coral, agrupadas numa cadeia de 26 atóis, espalhados por cerca de 90000 km², tornando-as um dos países mais dispersos do mundo.






O seu nome seria deriva de maldwipa, no idioma malabar, onde mal significa "mil" e dwipa, "ilhas", ou do sânscrito Malaya(vara)dwipa, "ilhas de Malabar".





Possui um clima tropical e húmido com uma precipitação aproximada de 2000 mm ao ano. O seu clima é afetado pela grande massa continental do sul da Ásia. A presença dessa massa provoca um grande aquecimento na terra e na água. De Novembro a Maio, o clima está fresco e seco. De Junho a Outubro fica mais quente com mais chuvas por ser a altura de monções e tempestades.




As Maldivas tem o recorde mundial de ser o país com a mais baixa altitude do mundo, o ponto mais elevado está a 2,3 metros do nível do mar.





Estas ilhas têm as melhores condições para fazer snorkeling e mergulho.




Existe uma grande diversidade étnica nas Maldivas, fruto da mistura de culturas dos povos que se fixaram nas ilhas, reforçada pelo idioma e religião. Os primeiros colonos vieram provavelmente do sul da Índia e do Sri Lanka. A sua cultura foi assim influenciada por diversos fatores e fontes, sendo notados características oriundas da Arábia e da Indonésia. A cultura das Maldivas ainda compartilha semelhanças em muitos aspectos com a encontrada no Sri Lanka e em Kerala.





A sua capital é Malé e está localizada no extremo sul do Atol Kaafu. A ilha é fortemente urbanizada, com a cidade ocupando-a praticamente por inteiro e é a cidade mais densamente povoada do mundo.






De uma imensa beleza natural e com paisagens deslumbrantes, as ilhas Maldivas são um destino perfeito para quem pretende tranquilidade, paz e descanso.




Fontes e Fotos: Wikipedia; 1ms.net; wallpapers.brothersoft.com; www.wallpopular.com, www.mrwallpaper.com; Diana e Fábio.

6 comentários:

  1. OI MARIA!
    VENDO ESTAS FOTOS TEMOS QUE ACREDITAR QUE DEUS QUIZ QUE CERTOS LUGARES FOSSEM COMO QUE SANTUÁRIOS PARA QUE NOS LEMBRÁSSEMOS DE SUA BONDADE AO VÊ-LOS.
    MAS, ADOREI VER TUDO ISSO PORQUE MINHA FILHA E O MARIDO ESTÃO INDO NO MÊS DE MARÇO PARA LÁ E SÓ EM SABER QUE ELES VÃO USUFRUIR DE TUDO ISSO, JÁ FIQUEI FELIZ.
    MARIA, ENTREI NUMA OUTRA PÁGINA TUA E DEIXASTE LÁ O POEMA DE "CHAPLIM" EU O LI, O CONHEÇO, MAS, EMOCIONA SEMPRE, "SORRI", LINDO DEMAIS.
    PARABÉNS PELO POST, MARAVILHOSO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Não sei bem porquê mas faz-me lembrar Portugal dos pequeninos ou sinto-me eu pequenino para ir até lá?
    Parece um sonho construído neste planeta azul, nos quatro cantos bem que podia ser assim, bastava que o homem quisesse.
    Obrigado pela viagem compartilhada.
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Ótimo post, completo, Maria, vc dá conta e mais de tudo a que se propõe. Belíssimo!
    Abraços saudosos,
    Renata Cordeiro

    ResponderEliminar
  4. Local "destino", muito belo.....Paradisiaco...
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Queridos amigos, aos poucos estou voltando e matando a saudade de todos os blogs que gosto.
    Feliz por estar aqui...
    Adorei a postagem...

    Beijos

    Ani

    ResponderEliminar
  6. Maria que bom estar aqui estou dando vivas, primeiro quatro meses sem net e depois que chegou passado um mês passou a não abrir os comentários dos blogs amigos, fiquei visitando sem comentar, hoje estou dando Vivas e comentando o mais que posso, tenho medo de amanhã não funcionar de novo, adorei as ilhas Malvinas, sabes que gosto de vir aqui e viajar, eu que nunca saí do meu lugar, mas através de ti e de mais dois blogs amigos viajo sempre, obrigada por compartilhar e me desculpe tomara que não pare de funcionar, beijos Luconi

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.