domingo, 9 de março de 2014

Passear no Alentejo



No final de fevereiro fomos até Corte do Pinto, uma pequena e simpática povoação do concelho de Mertóla. Temos lá uma casita que era dos meus avôs. É pequenina mas tem um bom quintal e o Cookie adorou ...






e a Diana também.



Breve voltinha pela aldeia ....








Observando as nuvens lá do alto ... será que vai chover?




Uma visita aqueles que já partiram, mas que permanecem eternamente no nosso coração.




Destaque para os amigos de 4 patas ...
confraternização ....




Observando com atenção a "reunião" canina ....




esperando o dono ....



O tempo era pouco por isso vimos a Mina de S. Domingos apenas de passagem.




Como não podia deixar de ser o nosso almoço foi no restaurante "Alentejo" do amigo Cesário, na aldeia de Moreanes.



Sem o movimento do verão e com a lareira acesa o ambiente ainda é mais acolhedor.





Eu como é hábito, comi um delicioso misto de porco preto com migas.




e no final lá se foi a dieta ... algumas das deliciosas sobremesas ....




Depois do almoço fomos visitar o Pomarão, antigo porto da Mina de S. Domingos. Entre 1859 e 1860, a empresa proprietária da mina de São Domingos, mandou levantar no Pomarão uma povoação, armazéns, depósitos de mineral, terminal ferroviário e dois cais de embarque, onde atracavam os navios mineraleiros à vela e a vapor, que subiam o Guadiana desde a sua foz. Dali partiam os navios carregados com o minério (pirites), que vinha por via férrea desde a mina de S. Domingos (encerrada no início dos anos 70), para a CUF, no Barreiro, e para Inglaterra (por Vila Real de Santo António).




A aldeia do Pomarão faz fronteira com Espanha ficando situada numa encosta, na margem esquerda do rio Guadiana, junto à confluência com o rio Chança. 




Em 2009 foi inaugurada a ponte sobre o Rio Chança, a jusante da barragem do Chança, ligando as localidades de Pomarão a El Granad em Espanha.







Subindo uma colina fomos encontrar a Capela de Santa Teresinha.








A vista sobre o Pomarão é magnífica.






Daqui avista-se também a barragem espanhola do rio Chança, inaugurada em 1985. Este rio,  nasce na Serra de Aracena, em Espanha e vem desaguar no rio Guadiana, a jusante do Pomarão.




Uma pausa ....



para a fotografia ....




para descobrir caminhos ....





e aproveitar para brincar um pouco ...




Já de regresso a casa, um último olhar para observar ao longe a Igreja de Moreanes.




Peço desculpa pelas fotografias não serem de grande qualidade, mas foram tiradas com os telemóveis. Foi um excelente sábado. A vida é composta de momentos, e devemos apreciar ao máximo os bons que ela nos vai oferecendo, para que a sua recordação nos sirva de apoio, quando temos de atravessar os menos bons.


3 comentários:

  1. É bálsamo pro corpo e pro espírito nos deixarmos envolver por essas paragens bucólicas e cheias de boas lembranças.Concordo contigo, Maria, precisamos nos fortalecer nos bons momentos para termos energia pros menos bons.
    Uma semana alvissareira pra ti.
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar

  2. ....((((....\
    .........).\....)...... Trouxe um anjinho
    .........\_..\...(
    .........._)..\...)......Para cuidar de você e abençoar sua semana.
    ./\.__/..'-'/.\.(
    .\.|__(___/..|....... lhe transmitir muita paz e muito amor.
    ..\|.............|
    ...|............/.........Um beijo no seu doce e lindo coração.
    ....\__...--'\
    .....|...........\........Obrigada pelo carinho
    .....|...........|.......Prometo estar sempre contigo no meu coração
    .....|............\__ ...Só sei dizer te amo de verdade e para sempre.
    .....|..................\-..Deixei meu agradecimento na postagem.
    .....\__________\_`-,
    Muita paz dentro do seu coração!
    Que Deus não lhe permita sentir
    nenhum tipo de dor somente amor.
    Um carinho da estrela de paz e de luz.
    Evanir..
    Maria chorei ao ver esse lugar tão lindo me senti pertinho de vc amiga.
    Hoje estou trazendo sua fotografia para guardar p/ sempre a lembrança desse dia.
    Fica com Deus amada.

    ResponderEliminar
  3. A grandeza dos amigos são como as flores raras: sua magnitude fica para sempre.(Cristina Beloni)
    Fiz uma viagem sem sair do lugar contigo, amei Alentejo...que delícia de lugar!!!! Obrigada por partilhar.
    Um lindo e abençoado dia!!!
    Beijos Marie.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.