quarta-feira, 21 de maio de 2014

Divagando pela Arte e beleza de ESCADAS do mundo



Escadas de Moraga em S. Francisco, EUA
Obra da ceramista Aileen Barr e a artista de mosaico Colette Crutcher uniram forças, trabalhando com mais de 300 voluntários da comunidade durante mais de dois anos até que apresentarem o projeto em agosto de 2005. Tem mais de 2.000 azulejos artesanais, 75.000 fragmentos de azulejos e um total de 163 painéis de mosaicos diferentes, criados, um para cada etapa da elevação.


Foto: www.mymodernmet.com

Foto: email recebido



Escadas em San Juan Gaztelugatxe em Bermeo, Costa de Biscaia, Espanha
Para se visitar San Juan de Gaztelugatxe, um ilhéu que se encontra ligado ao continente por uma estreita língua de terra, tem de se ir a pé tendo de se subir uma longa escadaria de cerca de 231 degraus.


Foto: www.wikimapia.com



Escadas de Selaron Rio de Janeiro, Brasil
Escadaria do Convento de Santa Teresa, também conhecida como Escadaria Selarón, uma obra do artista chileno Jorge Selarón. A escada tem 215 degraus e 125 metros e tem mais de 2 mil azulejos, provenientes de 82 países.


Foto: wikipedia_DonMatas


Escadas do Museu de Arte da Filadélfia, USA 
O Museu de Arte da Filadélfia, foi criado em 1876 e hoje é um dos maiores e mais importantes museus dos Estados Unidos. É conhecido localmente como o The Art Museum e sua coleção abriga mais de 225.000 objetos. Todos os anos, o museu apresenta 15 a 20 mostras especiais e é visitado por cerca de 800000 pessoas. Algumas das maiores e mais famosas mostras, que atraíram centenas de milhares de pessoas de todo o país e de outros lugares do mundo, incluíram as de Paul Cézanne (em 1996, atraindo 548000 pessoas) e de Salvador Dalí (em 2005, atraindo 370000 pessoas).


Foto: photovide.com


Escadas de Guatapé, Colômbia
El Peñón de Guatapé, tem uma escadaria de quase 700 degraus construída em cimento e que permite o acesso ao topo da rocha a 2100 metros acima do nível do mar.


Foto: email recebido


Rainbow Staircase, Wuppertal,  Alemanha
As Escadas Coloridas Holsteiner em Wuppertal são uma obra do artista Horst Gläsker, que para além de as pintar escreveu sobre os 112 degraus, palavras relacionadas com as relações humanas como terror, amor, acusação,confiança, desespero, esperança, vingança, beijo...


Foto: email recebido



Escadas do Poço Iniciático da Quinta da Regaleira, Sintra, Portugal
Monumental escadaria em espiral, com nove patamares que se vão descendo de quinze em quinze degraus, num percurso iniciático de descida até cerca de 27 metros nas profundezas da terra.



Foto: Pessoal


Escadas de Tianmen Shan, China
Localizada no monte Tianmen a sul da cidade de Zhangjiajie, esta incrível escada de 999 degraus, formada em 263AD como o resultado de um evento geológico maciço, tem recantos fascinantes levando a uma porta para o céu. 


Foto: wikipedia_Huangdan2060


Escadas de Schlossberg, Graz, Áustria 
Implantadas no rochedo de Schlossberg Hill e conduzindo até à Torre do Relógio, estas impressionantes escadas em zig-zag, com 260 degraus, permitem aos visitantes usufruirem de uma extraordinária vista de Graz e da área circundante.


Foto: www.interestingworld.org


Escadas de Gardens of Cosmic Speculation, Dumfries, Escócia
A escadaria é uma estrutura extraordinaria subindo de uma grande lagoa terminando num pavilhão. Embora os jardins sejam privados, abrem ao público uma vez por ano. Esta belissima escadaria chamada The Universe Cascade (a Cascata do Universo) tem 25 etapas que representam a evolução do universo ao longo de bilhões de anos. 


Foto: news.buzzbuzzhome.com


Fontes e Fotos: Wikipedia; email recebido; photovide.com; www.wikimapia.com; www.mymodernmet.com; www.interestingworld.org; news.buzzbuzzhome.com; outros net

2 comentários:

  1. Querida amiga

    Toda escada,
    encerra em si,
    um mistério.
    É como se desejássemos
    ao subir por elas,
    seguir em direção a vida,
    ao amor,
    a esperança,
    ou quem sabe ir mais longe,
    ao encontro do nosso coração.


    Que por onde passarmos,
    deixemos o desejo do reencontro...

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.