sexta-feira, 24 de julho de 2015

Alpes Românticos - Munique - Alemanha



Em meados de Julho fomos fazer o circuito “Alpes Românticos” pela Agência de Viagens Abreu. Partimos do aeroporto da Portela no sábado, foi um passeio incrível, que vou partilhar aqui, mas como quero sempre mostrar muito do que vi, vou repartindo por vários posts a minha viagem.




  O nosso circuito começou em Munique, capital do estado alemão da Baviera.







Depois de colocarmos as malas no quarto fomos passear pela cidade.






Descemos pela avenida Arnulfstraße, e seguimos pela Prielmayerstraße, aqui encontra-se o Oberlandesgericht ( Higher Regional Court Munich ) - Palácio da Justiça.







Continuamos até à Karlsplatz onde se inicia a Neuhauser Strasse, a principal rua de compras da cidade, que se extende até a Marienplatz.





No inicio da Neuhauser Strasse está o Portão de Karlstor, um monumento medieval, que se encontrava possivelmente a ser restaurado, pelo que estava coberto.




Continuando a descer a avenida encontramos a Igreja de S. Miguel (St Michael Kirche) , igreja Jesuíta que é a maior igreja renascentista ao norte dos Alpes. Foi edificada pelo duque Guilherme V de Baviera entre 1583 e 1597. Foi bastante danificada durante a Segunda Guerra Mundial tendo sido completamente restaurada em 1948.








Chegamos à Marienplatz, um dos principais pontos turísticos de Munique. A praça foi fundada em 1158. Estavam imensas pessoas pois estava a decorrer o Christopher Street Day.







Fiquei encantada com a arquitectura do Neues Rathaus (a Nova Prefeitura), um prédio no estilo neogótico que  tem uma área total de 9159 m² e 400 divisões. As suas fachadas estão repletas de gárgulas, estátuas de governantes bávaros, figuras mitológicas e santos. ( Irei publicar um post apenas referente a este incrível monumento).






De referir no Neues Rathaus é o Rathaus-Glockenspiel, um carrilhão constituído de 43 sinos e 32 personagens (marionetes), que a determinadas horas dançam e movimentam-se apresentando cenas históricas da cidade, sempre acompanhadas de várias músicas. Nós podemos apreciar este espectáculo às 17 horas.





Neste dia não deu para subir à Torre de Neues Rathaus, mas como voltámos à Munique no último dia, lá fomos nós até ao topo para apreciar a cidade bem lá do alto.




Ainda nesta praça está outro edifício muito bonito, o Altes Rathaus (Velha Prefeitura), construído por volta do ano 1310, foi sede da prefeitura até 1847 e hoje é o edifício do Conselho Municipal de Munique. Na torre encontra-se o Museu dos Brinquedos.






No centro da Praça está a (Mariensäule) Coluna de Maria, uma estátua representando a Virgem Maria, feita em bronze e pintada de ouro. Foi erigida em 1638 para celebrar o fim da ocupação sueca durante a Guerra dos Trinta Anos.




Jardim e vista da parte de trás do Neues Rathaus 




Continuámos o nosso passeio e fomos dar à Praça Max-Joseph (Max-Joseph-Platz).


 


Num dos topos da Praça fica o Teatro Nacional, actual residência da Ópera do Estado Bávaro e ao centro está a estátua do rei Maximiliano Joseph.




Aqui fica também a entrada para a Residência de Munique (Münchner Residenz).





Este palácio foi a residência oficial dos duques, dos eleitores e dos reis da Bavária. É o maior palácio urbano na Alemanha, servindo, actualmente, como um museu com 130 salas, considerado um dos mais belos da Europa. Tem dez pátios e abriga também uma sala de concertos, a Casa do Tesouro Real e o Teatro Cuvilliés. Infelizmente o tempo era reduzido e não foi possível visitar o museu, mas passeamos por alguns pátios. 





Pátio da Fonte (Brunnenhof)




Pátio do Imperador (Kaiserhof)





Saímos por um dos pátios e fomos dar à Marstallplatz. Nesta praça está outra bonita fonte a Kronprinz-Rupprecht-Brunnen obra de autoria do escultor Bernhard Bleeker. A fonte é feita de bronze, sendo a bacia de captura inferior feita de pedra calcária e é dedicada ao ex-príncipe Rupprecht, o último filho do rei bávaro Ludwig III.





Edifícios com charme...









Não podia faltar uma referência às flores ...










Pormenores nas esquinas dos edificios






Jantámos na cervejaria Hofbrauhans acompanhados por música e dança tipíca alemã.






Foi assim o começo da nossa viagem. A próxima paragem seria o “Castelo de Neuschwanstein”, mas antes vou apresentar um pouco melhor o Neues Rathaus.

Fotos Pessoais

4 comentários:

  1. Bom dia
    Obrigado pela partilha. Viajar através do vosso olhar.Estive na Alemanha por duas vezes. Gostei. Uma sociedade organizada.
    Uma paisagem fria. Arquitectura urbana bem conservada e muitos jardins com lindas flores.
    Existe uma sensação de segurança em todo o lado.

    ResponderEliminar
  2. Desde luego una maravilla de reportaje..... Un saludo desde Murcia....

    ResponderEliminar
  3. Olá Maria Rodrigues.
    Pelas fantásticas imagens, a visita deve ter sido deslumbrante.
    Parabéns. As fotos estão muito bem.
    Bom fim de semana.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Querida amiga

    Em lugares assim,
    o amor,
    a vida
    e a alegria,
    encontram seu alimento
    e inspiração...

    Que estrelas brilhem em tuas noites.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.