segunda-feira, 25 de abril de 2016

Parque Nacional Peneda Gerês




Através da escola o Pedro teve uma saída de campo, ao Parque Nacional da Peneda Gerês. Hoje, deixo aqui uma pequena reportagem fotográfica,  alguns dos "momentos capturados" pelo Pedro, deste maravilhoso local, considerado pela UNESCO como Reserva Mundial da Biosfera.






Parque Nacional da Peneda Gerês, situa-se no extremo nordeste do Minho, estendendo-se até Trás-os-Montes, desde as terras da Serra da Peneda até a Serra do Gerês, sendo recortado por dois rios, o Rio Lima e Cávado. Faz fronteira com a Galiza, abrangendo os distritos de Braga (concelho de Terras de Bouro), Viana do Castelo (concelho de Melgaço, Arcos de Valdevez e Ponte da Barca) e Vila Real (concelho de Montalegre) numa área total de cerca de 70.290 hectares. 




De grande valor ecológico e etnográfico, tem uma extraordinária e impressionante beleza paisagística e grande variedade de fauna (corços, garranos, lobos, aves de rapina) e flora (pinheiros, teixos, castanheiros, carvalhos e várias plantas medicinais).  







Fizeram dois percursos pedestres, num dos dias foi o Trilho da Águia do Sarilhão, e o Trilho da Calcedónia, e no outro dia percorreram o Trilho Geira Romana /Caldas do Gerês. 









O tempo podia não ser o melhor, mas isso não era relevante, o importante era o passear, ver e conviver.










Fotos: Pedro Rodrigues

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Odeceixe na primavera



Um meu passeio à Costa Vicentina, que tinha ficado "esquecido", vou hoje mostrar:

Praia de Odeceixe


A Praia de Odeceixe situa-se no concelho de Aljezur e é a praia mais a norte do Algarve. Possui um extenso e amplo areal, sendo protegida por altas falésias.










Na zona norte desagua a ribeira de Seixe, podendo assim tomar-se banho de água salgada ou doce.





Na maré baixa formam-se pequenas lagoas.





No pequeno miradouro podemos apreciar a vista e descansar calmamente.






E como era primavera tudo estava ainda mais bonito ao redor.







Texto explicativo: wikipedia
Fotos: Pessoais


terça-feira, 19 de abril de 2016

Passeando por LISBOA




Há duas semanas os meus meninos (António - pai e Pedro - filho) foram no sabado dar mais uma "voltinha" por Lisboa. Eu fiquei em casa e adivinhem porquê? ... porque ía ficar com a minha princesinha marota ( os seus papás íam ver uma exposição)




O Pedro e o Pai começaram por ir ver a Feira da Ladra, que fica no Campo de Santa Clara, um local onde se encontra um conjunto relevante de edificios civis e militares como é o caso do Palácio dos Marqueses de Lavradio,  atualmente Tribunal Militar.





A Feira da Ladra é a Feira mais antiga da cidade, organiza-se desde 1882. Os artigos mais comercializados ali são as velharias, coleccionismo, artesanato, artigos em segunda mão e antiguidades.




Vejam só estas máquinas fotográficas ....




Uma forma diferente de ganhar uns "euritos" cantando e dançando.




Depois de percorrerem a feira, desceram pela Rua Arco Grande de Cima passando pela Igreja de São Vicente de Fora.




Paragem numa loja de antiguidades pois o Pedro adora ver objectos de outras épocas.




Continuaram o seu passeio até no Largo das Portas do Sol





Na Praça encontra-se a estátua de São Vicente de autoria do artista Raul Xavier.




A sua próxima paragem foi no Largo de Santa Luzia





Continuação do passeio descendo pela Rua Augusto Rosa, ao fundo já avistavam a Sé de Lisboa.




Nesta Rua passa o eléctrico 28, um dos ex-libris da cidade, e uma excelente maneira de a conhecer pois passa por muitos dos pontos emblemáticos de Lisboa.





Sé de Lisboa, também conhecida por Igreja de Sta. Maria Maior. Edificada após a reconquista da cidade aos mouros,em 1147. Está classificada como Monumento Nacional desde 1910.




Também na Rua Augusto Rosa, mas no lado contrário da Sé, encontra-se o Museu do Aljube - Resistência e Liberdade, um museu dedicado à memória da luta pela liberdade.  Está instalado onde anteriormente era a cadeia de Aljube.




Continuaram a descer a rua, em sentido contrário uma fila de tuk tuk a subir.




Ao fundo da Rua Augusto Rosa virarm para a Rua Pedras Negras passando em frente da Igreja de Santo António de Lisboa.




Seguiram até à Rua dos Fanqueiros, depois Rua Augusta ...




Já na Rua Garret, paragem para observar uma vez mais, a Livraria considerada pelo Guinness Book em 2011, como a mais antiga do mundo ainda em funcionamento, a "Bertrand".





Estava terminado o passeio, foram almoçar e regressaram a casa.

Fartaram-se de andar ..... mas sabe tão bem passear!

Fotos: António e Pedro Rodrigues