sábado, 12 de outubro de 2013

Lingyin Temple


Foto: www.chinadiscovery.com


Lingyin Temple, também conhecido como "Yunlin Temple", é um templo budista localizado no lado noroeste do Lago Oeste, em Hangzhou, província de Zhejiang, na República Popular da China.


Foto: panoramio-Photos+by+ea1494

Foto: www.chinatravelca.com


"Ling-yin" significa em chinês "Retiro da Alma". O Templo foi construído em 328 dC e no seu auge sob o Reinado de Wuyue (907-978), o templo possuía nove edifícios de vários andares, 18 pavilhões, 72 salas, mais de 1300 dormitórios, e era habitada por mais de 3000 monges.

Foto: en.lingyinsi.org


É um dos maiores e mais ricos templos budistas na China, contendo numerosos pagodes, grutas e gravuras rupestres religiosos. A entrada para o mosteiro Lingyin está alinhada com centenas de grutas rochosas que contêm detalhadas gravuras rupestres religiosas do "Laughing Buddha."


Foto: wikiopedia_Gisling

Foto: wikiopedia_Gisling



Em Lingyin Temple há três grandes salas: O Mahavira Hall, ou o Grand Hall do Grande Sábio, onde se encontra uma estátua de Shakyamuni, o Buda histórico, o Salão dos Reis Celestiais sendo a principal estátua desta sala o Buda Maitreya e o salão do Buda da Medicina que abriga uma estátua do Buda Bhaisajyaguru, comumente chamado de Buda da Medicina.


Foto: en.lingyinsi.org_Hall

Foto: panoramio-Photos+by+Nicola+e+Pina


Em frente ao Grand Hall encontram-se localizados em ambos os lados do terraço os pagodes de pedra, foram criados durante a restauração do Templo de Lingyin liderada por Qian Hongchu em 960, na dinastia Northern Song. Naquela época, existiam quatro pagodes de pedra, atualmente permanecem apenas dois. Os trabalhos caligráficos aqui inscritos foram feitos por celebridades de todas as dinastias, existindo até alguns escritos por imperadores.


Foto: en.lingyinsi.org

Foto: panoramio-Photos+by+Joytop

Foto: www.wordlwanderings.net


Lingyin Temple é um dos mosteiros budistas mais importantes e bonitos da China., contendo uma importante colecção de literatura budista, juntamente com muitos outros tesouros.

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.travelingochina.com/; http://en.lingyinsi.org/; www.chinadiscovery.com; Panoramio; en.lingyinsi.org; www.fotopedia.com; www.wordlwanderings.net; outros net


Foto: panoramio-Photos+by+OpenBox


Não podendo conhecer ao "vivo" todos os incriveis locais do nosso planeta, podemos sempre viajar através de fotografias e de texto. A net é o meu meio de alargar os horizontes, de conhecer sitios muitas vezes longínquos, outras bem mais pertinho, mas sempre locais com uma beleza muito especial e própria que encantam o olhar e ajudam a aliviar a alma das agruras que por vezes me atormentam. O meu sincero OBRIGADO a todos os fotografos que permitem a todos nós divagar.


2 comentários:

  1. Mais uma bela viagem Maria! gostei, fiquei mais rica.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Maravilhosa postagem, Maria!
    Estou por aqui viajando mais um pouquinho e me enriquecendo.
    Tenho grande curiosidade pelos Templos.
    Beijos!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo