sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Alpes Românticos - O encanto de Colmar - França




Voltando a mostrar a minha viagem pelos Alpes Românticos e ainda continuando em França, fomos conhecer Colmar.




Colmar é uma comuna francesa, banhada pelo rio Lauch, a aproximadamente 20 km a leste do rio Reno, entre Basileia (60 km) ao sul e Estrasburgo (65 km) a norte, próximo da fronteira Alemanha-França. É a terceira maior cidade da Alsácia.


 






O Centro histórico de Colmar, tem uma arquitetura tipicamente alemã, é um local lindo e romântico.










Um dos monumentos históricos de colmar é a Maison Pfister, uma verdadeira maravilha. Foi construída em 1537 por Ludwig Scherer e o seu nome vem do nome da família que a ocupou entre 1840 e 1892. 




O museu mais famoso de Colmar é o Museu Bartholdi, casa onde morou Auguste Bartholdi, o escultor que criou a Estátua da Liberdade de NY.




A Igreja de Saint Martin, em estilo gótico é a igreja principal de Colmar. O edifício atual foi construído entre 1234 e 1365.






Estátua do poeta e professor nascido em Colmar, Gottlieb Konrad Pfeffel (1736-1809). Esta estátua é uma cópia de uma obra original de André Friedrich (1859). Inicialmente colocada em frente ao Museu Unterlinden, a estátua foi danificada e foi substituída por uma cópia de bronze em 1899. No entanto, em setembro de 1918, esta cópia foi e removida e levada para Frankfurt para ser derretida para fins de armamento. A atual estátua foi esculpida por Charles Geiss em 1927.




A Schwendi Fountain, representando Lazare de Schwendi, foi construída inicialmente por Frédéric Auguste Bartholdi em 1898, no entanto foi destruída durante a 2ª Guerra Mundial tendo sido mais tarde reconstruída.





Em frente à fonte está um interessante monumento histórico, o Koïfhus, Ancienne Douane (antiga Alfandega). É o mais antigo edifício público local. No século XV este edifício era o centro económico e político de Colmar. Foi acrescentado no século XVI e o telhado foi uma renovação do século XIX.









A Roesselmann Fountain foi mais uma fonte obra de Frédéric Auguste Bartholdi e representa o juiz público, Jean Roesselmann. Um homem que faleceu defendendo Colmar e as liberdades municipais contra as tropas e a cobiça do Bispo de Estrasburgo.





O bairro a Petite Venise, atravessado por um canal e cheio de flores, restaurantes e lojas é um autêntico charme.








Edificio do Mercado Coberto. Obra do arquiteto Louis-Michel Boltz foi construído em 1865.






As flores ...






Próximo Post: Riquewhihr

Texto Explicativo: Wikipedia; http://www.colmar.fr
Fotos: Pessoais

6 comentários:

  1. Realmente um lugar lindo e romântico...digno de uma visita! Bj

    ResponderEliminar
  2. Sem duvida que foi um passeio muito bonito.
    As flores são lindissimas. Parabéns


    Beijo e um bom fim de semana.
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Que fotos lindas, Maria! Que inveja! rs. Que cidade deslumbrante, parece de conto de fadas.Viajar é tudo de bom! Abraços.

    ResponderEliminar
  4. Diferentes formas de vida....
    Muito conhecimento.
    bfs
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Fotos com riquezas de detalhes
    Voce capricha bem nos clicks.
    Parabens pela viagem que nos proporciona.
    Abraços amiga e bju paz.

    ResponderEliminar
  6. Hello Maria,
    Very nice shots!! Great to see the special kind of houses.
    Nice shot of that cozy place on shot 30.
    I think you'll have a good time all there.

    Hugs, Marco

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo