segunda-feira, 7 de maio de 2018

Claustro do Mosteiro dos Jerónimos



Claustro do Mosteiro dos Jerónimos


Hoje vamos Divagar pelo Claustro do Mosteiro dos Jerónimos






O Claustro foi projectado por Diogo de Boitaca, que iniciou os trabalhos no começo do século XVI, foi continuado por João de Castilho a partir de 1517 e concluído por Diogo de Torralva entre 1540 e 1541.





A Fonte do Leão, local onde os monges lavavam as mãos antes das refeições.


Fonte do Leão



O Refeitório foi construído entre 1517 e 1518 pelo mestre Leonardo Vaz e pelos seus oficiais.


Mosteiro dos Jerónimos - Refeitório

Mosteiro dos Jerónimos - Pintura no Refeitório


Subimos ao primeiro andar


Claustro do Mosteiro dos Jerónimos


Claustro do Mosteiro dos Jerónimos - 1º andar

Claustro do Mosteiro dos Jerónimos - 1º andar

Claustro do Mosteiro dos Jerónimos

Claustro do Mosteiro dos Jerónimos

Claustro do Mosteiro dos Jerónimos - Uma Janela com arte


Claustro do Mosteiro dos Jerónimos - Arte


O Coro-Alto, destinava-se às actividades dos monges da Ordem de São Jerónimo, como: orações, cânticos e ofícios religiosos.


Mosteiro dos Jerónimos - Coro-Alto

Mosteiro dos Jerónimos - Vitrais


Junto ao varandim, encontra-se um “Cristo Crucificado” com resplendor de prata, obra do escultor Philippe de Vries/Filipe Brias. 


Mosteiro dos Jerónimos - Cristo Crucificado


A Capela-mor foi mandada construir por D. Catarina, mulher de D. João III, em 1571. FoitTraçada pelo mestre Jerónimo de Ruão.


Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos - Vitrais

Mosteiro dos Jerónimos - Vitrais








Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos


Texto explicativo: Mosteiro dos Jerónimos

Fotos: Pessoais

4 comentários:

  1. Eu tenho certeza se visse esse Mosteiro de perto, ao vivo, sentaria numa escada e choraria...
    Beijinho, querida Maria, uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia!
    Muito obrigada pela execlente postagem!!


    Especial:- Nesta dança, onde o amor é a consagração. [ POETIZANDO...]
    .
    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  3. Portugal está llena de belleza, sirva como ejemplo esta maravilla.

    Besos

    ResponderEliminar
  4. Uma maravilha passear por este mosteiro Maria, depois de ter vistos os detalhes na sua postagem atual. Encanta ver a conservação e acompanhar suas explicações de cada detalhe.
    Bela generosidade cultural Maria.
    Um belo trio vocês para nos apresentar as belezas do mundo.
    Beijo

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo