terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Jardins do Palácio de Peterhof - São Petersburgo (Rússia)




No circuito que fizemos aos Países Bálticos e Rússia uma das cidades que visitámos foi São Petersburgo. Nesta encantadora cidade, uma das nossas visitas foi aos Jardins e ao Palácio de Verão de Peterhof. Hoje, deixo alguns "olhares" do que vi nos seus grandiosos e belíssimos jardins,  vamos então divagar pelos:

Jardins de Peterhof





Peterhof, que significa em alemão "Corte ou Jardim de Pedro" é um conjunto de palácios e jardins, distribuídos sob as ordens de Pedro, o Grande, sendo muitas vezes designado por "Versailles Russo". Ficam localizados a cerca de trinta quilómetros de São Petersburgo. O conjunto de palácios e jardins, juntamente com o Centro Histórico de São Petersburgo, fazem parte do Património Mundial da UNESCO.






O parque Peterhof tem cerca de 1000 hectares, uma densa área arborizada, abriga vários palacetes, pavilhões, esculturas, bem como mais de cento e vinte fontes, todas elas de grande beleza, arte e imponência. Apenas podemos visitar uma pequena parte.



Jardins do Palácio de Peterhof


O tempo que disponhamos não deu para ver tudo o que eu queria, apenas podemos visitar uma pequena parte, mas fiquei completamente encantada.

familia


Do centro do Peterhof partem, radialmente, cinco avenidas que se dirigem para o mar: as quatro laterais, duplas,conduzem aos pavilhões de Monplaisir e do Ermitage; a central ladeia a parte esquerda do canal e conduz a um pequeno pórtico.


Fontes

Fontes


Quer os  Jardins Superiores, quer os Inferiores contêm imensas fontes. Os Superiores cobrem cerca de 15 hectares. O seu ajardinamento, é completamente diferente dos Jardins Inferiores, estando feitos de acordo com leis de simetria.  Os Jardins Inferiores, ocupam 1,02 km quadrados e estão repletos de abetos, bétulas, amieiros, tílias, árvores de fruto e vários tipos de arbustos de adorno. A  maior parte das fontes de Peterhof estão contidas nestes jardins, assim como vários pavilhões.


Jardim

Fontes de Peterhof

Jardins do Palácio de Peterhof


Um outro visitante do jardim ....


Borboleta


A dominar o declive encontra-se o Grande Palácio (Bolshoi Dvorets), um dos mais belos e ricos palácios de toda a Rússia, sendo também conhecido como o Palácio de Verão, pois era o lugar onde os Czares gostavam de passar os verões. O núcleo original do Grande Palácio foi criado para Pedro I da Rússia, pelo francês Alexandre Le Blond.


Palácio e Grande Cascata


Abaixo da fachada Norte do Grande Palácio fica a Grande Cascata (Bolshoi Kaskad), que se estende através do Canal Marítimo até ao Báltico, um dos mais extensos trabalhos de água do período Barroco, o qual divide os Jardins Inferiores. Na década de 1730, a grande Fonte de Sansão foi colocada no tanque. Esta tem um duplo simbolismo ao descrever o momento em que as lágrimas de Sansão abrem as mandíbulas do leão, representando a vitória da Rússia sobre a Suécia na Grande Guerra do Norte. A partir das mandíbulas do leão ergue-se um jacto de água vertical com vinte metros de altura, o mais alto de Peterhof. Esta obra de mestre, concebida por Mikhail Kozlovsky, foi roubada pelos invasores alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Uma réplica da estátua foi instalada em 1947.


Grande Cascata


Provavelmente, a maior realização tecnológica de Peterhof consiste no facto de todas as fontes funcionarem sem o uso de bombas. A água é fornecida por nascentes naturais e recolhida em reservatórios situados nos Jardins Superiores. A diferença de elevação cria a pressão que activa as fontes dos Jardins Inferiores, incluindo a Grande Cascata.


Grande cascata


No extremo da fachada encontra-se a capela do Palácio Peterhof. Foi esta a igreja baptismal tradicional, utilizada pelo czar Nicholas e Alexandra, para batizar os seus filhos. 


capela do Palácio Peterhof.


No final do dia as fontes são fechadas ao som de música, é um espectáculo fabuloso.


Palácio Peterhof.


Próximo post: Visita ao interior do Grande Palácio, ou Palácio de Verão.

Texto explicativo: wikipedia; http://www.saint-petersburg.com/;
Fotos: Pessoais


2 comentários:

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo