quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Nas nossas férias na Tailândia um dos muitos templos budistas que visitámos em Chiang Mai foi o:

Wat Phra Singh


A construção de Wat Phra Singh começou em 1345, quando o rei Phayu, o quinto rei da dinastia Mangrai, construíu um chedi para abrigar as cinzas do seu pai, o rei Kham Fu.


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


O espaço abriga várias estruturas, entre elas:

Wiharn Luang - O maior edifício e o salão principal, onde os monges se reúnem. Este Templo substituiu o original de 1925. No seu interior encontra-se a estátua do Buda Phra Chao Thong Tip, data do século XV e é feita em ouro e cobre.


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Quando entrámos, pareceu-nos ver vários monges a meditar, só depois ao chegarmos perto é que observámos que afinal eram incríveis estátuas em cera dos principais monges.


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Wiharn Lai Kham - Foi construído em 1345 para abrigar a importante estátua de Phra Buddha Singh (Lion Buddha) que dá o nome ao tempo.


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Ubosot - Construído em 1806, contém duas entradas: uma entrada sul para monges e uma entrada norte para freiras. No interior do edifício encontram-se vários Budas entre eles uma versão menor do Phra Buddha Singh. No extremo norte do wiharn, perto da entrada das freiras, encontra-se uma cópia do Buda Esmeralda.


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Um pequeno templo abriga um enorme Buda reclinado


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


O Phrathatluang - A principal stupa ou chedi (pirâmide ou estrutura hemisférica que normalmente contém relíquias como por exemplo os restos de monges ou monjas budistas). Da base quadrada do complexo emergem elefantes. Depois de construído em 1345, o chedi foi ampliado várias vezes. Existem outros Chedi mais pequenos à sua volta.


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia


Outros olhares de Wat Phra Singh


Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Wat Phra Singh (Temple of Lion Buddha) - Chiang Mai - Tailândia

Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais


7 comentários:

  1. Me da la impresión, que este tiene las escaleras más corta, en rela ción a los que he visto anteriormente.

    Besos

    ResponderEliminar
  2. Mais uma fantástica postagem . Imagens brilhantes!:)
    -
    --> Não desapareces do meu sentimento
    Beijo e uma boa noite!

    ResponderEliminar
  3. Querida Maria
    Esta é a minha terceira tentativa para comemntar!!!
    Parabéns pela maravilhosa reportagem, de locais que me são totalmente estranhos!
    Ficou muito linda, na fotografia!
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  4. Fantásticas imagens sempre repletas de coisas boas!:)

    -
    --> Não desapareces do meu sentimento
    Beijo. Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  5. Como é belo o desconhecido! O exotismo muitas vezes me fascina - seria como se atravessássemos uma faixa limítrofe de dois mundos... A gente só tem noção exata do desconhecido quando toma contato com ele, pois visto em mil figuras de descrições não nos dão a noção do real. Eis porque viagem "alarga horizontes" geográficos (físicos, políticos e humanos), mas também dilata o horizonte de nossas mentes embotadas no "mesmismo". Parabéns "Maria Bonita" por tua opção de prioridades na vida - a viagem!... Meu abraço fraterno. Laerte.

    ResponderEliminar
  6. Oi Maria,
    Outra vez que for viajar me leva.kkkk
    Que maravilha de ofuscar as vistas de tanta beleza!
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. Qué bello lugar!! Fotos magníficas. Besos!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.

Topo