quinta-feira, 5 de abril de 2012

Alcácer do Sal


Alcácer do Sal é uma das mais antigas cidades da Europa, pertence ao Distrito de Setúbal na região do Alentejo.

Foto: Pessoal


É banhada pelo tranquilo Rio Sado, que espelha o branco das casas que ladeiam toda a marginal.


Foto: Pessoal

Depois de se atravessar a ponte velha em direcção ao Sul, a paisagem premeia com as suas lezírias e planícies. Alcácer do sal é a zona de excelência de produção de pinhão, fruto do pinheiro manso, espécie florestal que se encontrar extremamente disseminada por toda a região.

Foto: skyscrapercity_mourarq

Durante o domínio árabe foi capital da província de Al-Kassr. D. Afonso Henriques conquistou-a em 1158. Reconquistada pelos mouros, só no reinado de D. Afonso II, e com o auxílio de uma frota de cruzados, a cidade foi definitivamente conquistada, tornando-se cabeça da Ordem de Santiago.

 Foto:Pessoal

É uma das zonas do país de maior concentração de cegonhas.




Onde Dormir

Pousada de Alcácer do Sal - Dom Afonso II em pleno Castelo, tem uma vista panorâmica sobre Rio Sado e para um vasto e verde vale.


Albergaria Herdade da Barrosinha
Albergaria Ordem de Santiago

Apartamentos:
Aldeamento Turístico Casas da Comporta
www.villanao.pt/
http://www.gabinohome.com/
http://pt.anuncioo.com/
http://www.homelidays.com/

A visitar.
  • O castelo muçulmano de Alcácer do Sal
Foto: Pessoal
  • Museu Arqueológico (situado na Igreja do Espírito Santo)
  • Igreja de Santa Maria do Castelo (séc. XII-XIII)
  • Igreja de Santiago
 Foto: Pessoal
  • Igreja de Santa Susana
  • Santuário Senhor dos Mártires


O que comer
A gastronomia do concelho de Alcácer do Sal é muito rica, imbuída da tradição alentejana. São pratos típicos a açorda, o achigã grelhado, a carne de porco à alentejana, o coelho frito, o ensopado de borrego, o feijão adubado, as migas de batata, a sopa de corvina e a sopa de tomate. Na doçaria, a variedade é irresistível e a sabedoria conventual prolongou-se no tempo: os salacianos, o bolo de mel, a tarte de pinhão, as pinhoadas, os rebuçados de ovo, o bolo real e as queijadas do Torrão.

Onde comer
Restaurante Museu do Arroz
Restaurante A Escola
Restaurante Retiro Sadino
Restaurante Porto Santana

Festas e Romarias
O concelho de Alcácer do Sal conta com feiras francas e de promoção de produtos da região.

PIMEL – Feira do Mel, do Pinhão e da Doçaria Regional: em Junho
Paralelamente à promoção do mel, do pinhão, e dos doces regionais, há espectáculos musicais e essencialmente actividades equestres e taurinas. Entre as iniciativas ligadas ao cavalo, salientam-se o concurso de saltos, horseball e concurso de endurance. Tem ainda lugar uma corrida de touros.
Feira Nova (desde o séc. XIV): no primeiro sábado de Outubro
A Feira de Outubro tem lugar durante a época das colheitas, quando os produtos da terra ainda mal foram colhidos. Especial destaque para os frutos secos, como os figos, que são um dos principais símbolos deste evento.


A Procissão em Honra de Nossa Senhora do Castelo tem lugar em Julho, o evento dedicado aos homens do mar tem início com uma missa na igreja de Santa Maria do Castelo, seguindo-se depois a procissão até ao cais da Ribeira Velha.

No cais da Ribeira Velha dois galeões de Alcácer que recebem as imagens de Nossa Senhora do Castelo e de Nossa Senhora do Rosário de Tróia, bem como diversos barcos de pescadores de Alcácer do sal e de outros pontos do distrito de Setúbal, dando-se assim início à procissão no rio entre as duas pontes, abençoando as embarcações pesqueiras, bem como os homens que fazem da faina do mar o seu ganha-pão.


Foto: Pessoal


Alcácer do Sal encanta-nos pela sua história e monumentos, pelas suas tranquilas e lindas ruas, pela sua excelente gastronomia, pelo seu artesanato, e pela hospitalidade dos seus habitantes.

Vá visitar, Vale a pena.

Foto: Pessoal


Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.cm-alcacerdosal.pt/; //www.skyscrapercity.com/; Pessoais; outros


Sempre que viajamos seja física ou virtualmente (através por exemplo da leitura), alargamos os nossos horizontes, pois vamos conhecer novos locais, novos costumes, novas realidades e gentes.

8 comentários:

  1. E assim aconteceu aqui, agora, Maria, enriqueci interiormente porque não conhecia Alcácer do Sal. Fiquei com vontade de ir lá.

    Beijinhos e dias felizes para si.
    Branca

    ResponderEliminar
  2. Sempre maravilhoso por aqui passar...
    Adoro Alcácer e toda aquela região!
    Desejo uma Páscoa muito Feliz com saúde, paz e tudo o que mais for necessário (alegria, trabalho, harmonia...)
    Felicidades, beijo meu...

    ResponderEliminar
  3. Sempre maravilhoso por aqui passar...
    Adoro Alcácer e toda aquela região!
    Desejo uma Páscoa muito Feliz com saúde, paz e tudo o que mais for necessário (alegria, trabalho, harmonia...)
    Felicidades, beijo meu...

    ResponderEliminar
  4. Adoro as viagens que você nos proporciona, amiiiiga!!!
    Beijocas sabor chocolate!

    ResponderEliminar
  5. Alcácer do Sal...Que lindas imagens você nos mostrou, querida Maria. Beijo no coração!

    ResponderEliminar
  6. Agradecida, Maria, pela sua visitinha e a continuação de um ótimo restinho de domingo de Páscoa.
    Abraço
    Nélia

    ResponderEliminar
  7. Já que ñ posso ir pessoalmente, venho viajar por aqui, e foi maravilhosa!! Obrigada pela visita eu ando meio sem tempo, mas adoro vir aqui. Bjs.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.