quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Figueira da Foz


A Figueira da Foz é uma cidade no distrito de Coimbra, inserida na região Centro e situada na foz do rio Mondego.


É uma cidade costeira, terra de pescadores, rica em história, cultura e tradição. As praias de areia dourada, juntam-se à animação desta cidade que é cheia de vida, cor e alegria.


Foto: net

Percorrendo os longos passadiços de madeira, chega-se até à praia onde podemos apreciar o mar imenso de um azul magnifico.


 Foto: Pessoal

A Figueira da Foz conta com 20 praias distribuídas pelas suas freguesias, sendo as mais conhecidas a praia de Buarcos e a praia do Cabedelo.


Foto: http://www.panoramio.com_PhilSA


No concelho, é imprescindível uma visita à vila piscatória de Buarcos.

Farol do Cabo Mondego
Foto: http://www.panoramio.com_PhilSA

A visitar
A Figueira da Foz é rica em património monumental, seja civil, militar ou religioso.

■ FORTE E CAPELA DE SANTA CATARINA DE RIBAMAR
Edificado no século XVI, sobre as rochas no leito do Mondego, esta construção militar é o cartão de visita para quem chega à cidade da Figueira da Foz. Dentro do forte existe uma capela conhecida por capela de Santa Catarina, com uma esbelta imagem da padroeira, do século XVIII.


Foto: Pessoal


■ PALÁCIO SOTTO MAYOR
Situa-se na Rua Joaquim Sotto Mayor, no interior de um formoso jardim. Foi construído no princípio do século XX por Gaston Landeck e trata-se de um luxuoso palácio em estilo francês com uma impressionante fachada. Todo o palácio está decorado com colecções de pintura, escultura, mobiliário e porcelanas. Destacam-se as esculturas de Júlio Vaz Júnio e as pinturas de António Ramalho, Joaquim Lopes e Dardio Gomes.

Foto: www.panoramio_Carlos Fidalgo

■ IGREJA DO CONVENTO DE SANTO ANTÓNIO
O convento foi fundado em 1527, por Frei António de Buarcos, com o apoio de D. João III e a benemerência de António Fernandes de Quadros, Senhor de Tavarede. Como espaço religioso apenas resta a Igreja de Santo António, dado que todos os outros edifícios foram submetidos a outras funções. Anexa-se a esta edificação a Capela de S. Francisco, pertencente à Ordem Terceira, cuja construção se situa no início do séc. XIX.

■ PELOURINHO DA FIGUEIRA DA FOZ
Situado na Praça do Comércio e datado do século XVIII - 1782. Foi classificado de “Monumento Nacional” em 1910. Exemplo de arquitectura civil barroca, é constituído por um pedestal e uma elegante coluna torcida, coroada com capitel compósito onde estão esculpidas as armas nacionais.




■ PAÇO DE MAIORCA/PAÇO DOS VISCONDES DE MAIORCA
Construção do século XVIII, outrora propriedade dos Viscondes de Maiorca, apresenta-se como um dos mais notáveis edifícios de carácter civil do Baixo Mondego. Flanqueado por jardins, este nobre edifício enquadra-se numa vasta propriedade que propicia agradáveis passeios de lazer e encontro com a natureza.


Foto: wikipedia_Adrião

■ MOINHO DAS DOZE PEDRAS/MOINHO DE MARÉS
O Moinho encontra-se inserido na grande unidade agrícola da Quinta do Canal, junto ao rio Pranto. A data da sua construção remonta ao séc. XVIII, tendo sido edificado pelo Colégio de Santo Antão de Coimbra - Companhia de Jesus. A sua utilização inicial era industrial e agrícola. Era designado como moinho de marés com moenda e engenhos. Serviu também como armazém de grão ou farinha. Encontra-se, actualmente, desactivado.


Foto: http://www.verportugal.net

■ IGREJA DE S. JULIÃO
A Igreja de São Julião, Matriz de Figueira da Foz, foi construída no século XI sobre as ruínas de um templo cristão destruído por árabes e situa-se no Largo de São Julião. Na sua fachada destaca-se suas duas torres e no interior o altar principal e uma das suas capelas laterais, onde encontra-se um retábulo de pedra do século XVI doado pelo Convento de Seiça. O templo está decorado com telas do século XVIII que representam a 'Virgem dominando a Barra da Figueira' e 'O Senhor das Almas'.


Foto: http://www.verportugal.net

■MUSEU MUNICIPAL DR. SANTOS ROCHA
O fundador deste Museu foi o arqueólogo figueirense Dr. Santos Rocha. Foi inaugurado no século XIX e aberto ao público em 6 de Maio de 1894. Possuí um vasto espólio que conta com colecções de arqueologia, etnografia, pintura, escultura, cerâmica e mobiliário.


■ TORRE DO RELÓGIO
A torre está situada no Bairro Novo, na freguesia de São Julião, juntinho ao mar. A sua construção começou em 1942 e foi inaugurada cerca de 5 anos depois. O arquitecto responsável pela sua construção foi João António de Aguiar.

 Foto: Pessoal

Gastronomia
A gastronomia da Figueira da Foz é baseada na grande variedade de peixe e marisco, com destaque para especialidades locais como as espetadas de mexilhão, o arroz de marisco, as caldeiradas e pratos de enguias.



Com um património histórico e cultural riquíssimo, parques e jardins, banhada pelo mar, com um extenso e dourado areal. cheia de vida e animação a Figueira da Foz é uma cidade encantadora.

Vá visitar, Vale a pena.

Fontes e Fotos: http://www.rotasturisticas.com/; http://www.guiadacidade.pt/; http://www.regiaocentro.net/; http://www.figueiraonline.com/; http://www.panoramio.com, http://www.verportugal.net; outros

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Foto: Pessoal


Sempre que viajamos seja física ou virtualmente (através por exemplo da leitura), alargamos os nossos horizontes, pois vamos conhecer novos locais, novos costumes, novas realidades e gentes. Aumentamos o nosso conhecimento e enriquecemos interiormente.

6 comentários:

  1. Mais uma maravilhosa viagem, agora por uma linda cidade Portuguesa.
    Esta é realmente uma magnifica forma de viajar sem sairmos de casa. As imagens são deslumbrantes.

    ResponderEliminar
  2. Maria querida!
    "Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo; a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará jamais."

    Mario Quintana
    Pensando assim, vim te visitar e ler as novidades!
    Obrigada pela linda viagem, amiga!
    Deixo muitos beijos, abraços e um carinho imenso!
    Bom domingo!
    Beijos!
    Sônia Silvino's Blogs
    Vários temas & um só coração!

    ResponderEliminar
  3. Como nunca lá fui,

    fiquei com um cheirinho...

    Obrigado.

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. linda a terra de minha Materna Avó...vejam tb onde ela morou...google, quinta do vizo

    ResponderEliminar
  5. linda a terra de minha Materna Avó.viveu numa linda quinta.veja no Google:Quinta do Vizo,Figueira da Foz

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.