sábado, 7 de janeiro de 2012

Parque Nacional Tikal – A natureza e a antiga civilização Maia

Na província de Petén na Guatemala, situado no coração da selva e rodeado de uma exuberante vegetação, fica Tikal, um dos sítios mais importantes da civilização Maia.


Foto: www.deviantart.com

Tikal foi declarado parque nacional em 26 de Maio de 1955, tendo sido originalmente estabelecido como monumento nacional em 1931. Tikal National Park (foi aceite como Património Mundial da Humanidade em 1979) e Laguna del Tigre (sítio Ramsar) declarada reserva da biosfera em 30 de Janeiro de 1990.


Foto: http://mayantrip.com

Foi habitado do século VI a.C. até ao século X d.C. O seu centro cerimonial compreende magníficos templos e palácios assim como praças públicas. O nome " Tikal " quer dizer " Lugar de Vozes " ou " Lugar de Línguas " na língua maia.


Foto: wikipedia
Foto: www.hdwalpaper.net

Trata-se de um Parque Nacional com mais de 500 quilómetros quadrados, é uma das oito áreas protegidas da Reserva da Biosfera Maia e faz parte da maior área de floresta de chuva tropical da América Central. Nele se encontram florestas de terras altas e baixas e uma vasta gama de habitats naturais intactos.




A Laguna del Tigre e Laguna de Yaxha são as principais lagoas encontradas na zona húmida, onde há um grande número de pântanos.


Foto: www.freewalppaper.com

As florestas de chuva cobrem cerca de metade da área do parque e são constituídas por mais de 2000 espécies vegetais, incluindo 185 espécies diferentes de árvores. Nas terras altas, a floresta é dominada por cedros (Cedrela sp.), mognos (Swietenia macrophylla), amapás (Hancornia amapa) e possui a maior densidade de palmeiras (Chamaedorea sp.) de toda a Reserva da Biosfera.


Foto: http://www.tikalinformation.com/

O parque alberga vários endemismos regionais e espécies em risco. É refúgio para a maior parte dos mamíferos selvagens da Guatemala. Conta com uma fauna espectacular onde habitam pumas, onças, macacos, papagaios, tucanos , preguiças, o crocodilo-de-Morelet (Crocodylus moreletii) que pode ser encontrado nos pântanos, ou ainda a tartaruga-branca (Dermatemys mawui), espécie ameaçada pelo excesso de caça, entre muitos outros.




Tikal foi um dos centros urbanos mais importantes da época maia. As mais de três mil construções estendem-se por mais de 16 quilómetros quadrados incluem palácios, templos, pátios cerimoniais, campos para jogos com bola, terraços, residências, praças, túmulos e pirâmides, incluindo o templo mais alto do mundo Maia.


Foto: http://www.hdwp.net/

Na Plaza Mayor (Praça Maior) encontra-se o templo I, Templo do Gran Jaguar, que aponta para o ocidente através da praça, alcançando uma altura de 52 metros.


Foto: www.panoramio.com_copyright _ rokaPic40666

Em frente o templo II, templo de Los Mascarones, tem uma forma mais achatada e sua altura é de 42 metros. A separar os dois templos encontra-se uma esplanada sobre a qual se encontram 70 esteiras e altares e ao redor deles estão os complexos de palácios conhecidos como acrópoles.


Foto: http://www.xrez.com

Muitas são as relíquias colossais de Tikal, entre elas está o templo IV, o mais alto da área, que ultrapassa os 60 metros.


Foto: copyright Dr.Nicolas Hallmuth

Existem dois museus em Tikal, o Museu de Stelae e o Museu Sylvannus G. Morley, ambos apresentam uma importante colecção de artefactos Maias e réplicas.

O parque possui três hotéis e uma área para acampar, vários restaurantes e cafés.


Foto: www.panoramio.com_copyright _ Talavan

O Parque Nacional de Tikal, pela sua magnífica união da natureza com as suas ruínas arqueológicas é uma das jóias da América Central.


Para saber mais informações visite o site oficial do Tikal National Park

Fontes e Fotos: Wikipedia; www.planetazul.pt/; http://www.espacoturismo.com; http://whc.unesco.org/; http://www.tikalpark.com/; www.guatemalaontheweb.com; www.worldhistoricalsites.com/tikal/; UNESCO/CLT/WHC; http://www.xrez.com/case-studies/cultural-heritage/tikal-documentation-for-unesco/; www.panoramio.com; http://www.hdwp.net/; outros Net.


* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.

Foto: wikipedia_Cafeyaxha

Viajar é alargar os nossos horizontes, é conhecer novas culturas, novos locais, paraísos perdidos que nos fascinam e encantam e se não o podemos fazer fisicamente, podemos sempre fazê-lo através da fotografia e da leitura, essa será a nossa viajem virtual!

8 comentários:

  1. Foi uma viagem maravilhosa, Maria!
    Obrigado.

    Beijo :)

    ResponderEliminar
  2. Já estou de olho...adorei as dicas e o link!
    Fazer esta viajem sempre foi um sonho...mas aí vem os filhos e a gente vai deixando pra depois...
    Mas eles estão crescendo e em breve realizo um sonho...
    Um grande abraço e ótimo domingo cheio de energias positivas!
    CamomilaRosa

    ResponderEliminar
  3. OLÁ MARIA

    LINDO!!!

    Obrigada pela partilha.

    Eu tive a coragem de escrever uma MENSAGEM positiva para 2012 no meu "Momentos Perfeitos", mas...
    vem logo pessoas dizer que não é bem assim...
    estamos cercadas de gente negativa,
    que não querem de todo ver algo de positivo à sua volta!

    Aproveito para dizer-lhe que criei um novo blog,
    deu-me muito prazer fazê-lo, porque os outros 2 blogues que já tinha, foi a minha sobrinha que faleceu que os criou,
    eu depois fiz o resto à minha maneira,
    mas agora já posso dizer que fui eu mesma quem o criou..

    Lógico que não está a 100%
    como vejo muitos outros,
    tem apenas o básico.

    Mas estou a fazer aquilo que um dia pensei fazer,
    uma espécie de 1 foto por dia, comecei e coloquei uma dia 2 e logo no dia 3, mas...depois...

    não dá...

    o importante é que eu só coloco fotos de minha autoria
    e procuro uma frase,
    pensamento, citação ou poema
    que diga com a foto - adoro fazer essa pesquisa,
    estou a criar algo,
    isso motiva-me,
    vou conhecendo outros poetas, enfim...
    é um prazer que tenho,
    não lhe chamo trabalho,
    mas um hobby saudável.

    Convido-a a ver:
    "Os meus pensamentos"

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Fascinantes essas civilizações antigas e tão sábias que já habitaram a terra e desapareceram misteriosamente !
    Passeio muito especial proporcionou essa postagem, Maria !

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, lindona...
    Como disse aqui está uma reportagem fotográfica maravilhosa.
    Leva-nos longe, permite-nos ver através do teu olhar! Por tudo isso o meu MUITO OBRIGADA!
    BShell /Whiteball

    ResponderEliminar
  6. Oi Maria, sempre bom viajar junto contigo e apreciar essas belas paisagens.
    Beijos e uma linda semana!

    ResponderEliminar
  7. Uma viagem encantadora. Amei viajar contigo nestes fotos.
    Parabéns.
    Agradeço o carinho da visita.
    Sandra

    ResponderEliminar
  8. Bom dia amiga!
    Viajo por aqui, entre Natureza e lindas ruínas.
    Tudo muito lindo!
    Um lindo fim de semana para você!
    Lembranças.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.