sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Redwood National e State Parks




Cobertos com uma magnífica floresta de sequóias o Parque Nacional Redwood e os Parques Estaduais (RNSP) estão localizados nos Estados Unidos, ao longo da costa do norte da Califórnia.


* Foto: Net


Fazem parte do património mundial da UNESCO e estão distribuídos por cerca de 133.000 hectares, abrangendo quatro áreas distintas: Prairie Creek, Del Califórnia Norte Coast, Jedediah Smith Parques Estaduais e Redwood National Park.




A parte central de Prairie Creek é Elk Prairie, um prado rodeado de sequóias gigantes, onde se podem encontrar muitas vezes, manadas de alces Roosevelt que ficam lânguidamente na pradaria.




Dois outros sitios populares em Prairie Creek são a Praia Bluffs Gold e o Fern Canyon. Fern Canyon é um desfiladeiro que atravessa as escarpas costeiras com paredes íngremes cobertas com um grande número de samambaias e outras plantas. Existe uma trilha que atravessa a garganta e fornece acesso aos seus locais originais.




O parque Del Norte Coast Redwoods State Park, foi fundado em 1927, tendo oito quilómetros de litoral selvagem. A topografia é bastante íngreme. A cordilheira dominante é orientada em direção norte-sul, com penhascos adjacentes ao Oceano Pacífico, fazendo com que a maior parte da costa rochosa seja geralmente inacessível, exceto pelo Trail Damnation e Trail Passos Rocha. Abriga grupos dispersos de grandes sequóias antigas, principalmente a leste.




O parque Jedediah Smith Redwoods SP foi estabelecido em 1929, é cortado pelo último grande fluxo livre da California, o rio Smith. O parque tem cerca de 20 quilómetros de caminhadas e de trilhas.




Redwood National Park foi criado especificamente para proteger as sequóias as maiores árvores do planeta. Descendentes dos pinheiros gigantes que cresceram durante a era dos dinossauros. Levam 400 anos para amadurecer e algumas sobreviventes têm mais de 2.000 anos de idade. A sua casca espessa e sem seiva protege-as do fogo, mas deslizamentos de terra e ventos fortes podem derrubar estas árvores centenárias. Os índios usavam árvores caídas de redwood para construir canoas e casas.






Considerada a árvore mais alta do mundo com 115 metros de altura, a "Hyperion",  tem a sua casa em Tall Trees Grove. Este bosque está localizado numa estreita faixa de terra plana ao lado de Redwood Creek. É um local muito bonito e especial.



Para além destas extraordinárias árvores existe no parque uma grande diversidade de plantas e flores selvagens, ao longo da costa, nos prados, e nas florestas.





As florestas de coníferas fornecem habitat importante para muitas espécies de vida selvagem.




A diversidade de ecossistemas nos parques significa a existência de criaturas tão diferentes como os ursos negros, estrelas do mar ou águias. Além dos habitantes mais comuns, como os alces, esquilos, guaxinins, ou coelhos, muitas espécies ameaçadas e em vias de extinção dependem a sua sobrivivência do velho-crescimento das florestas, pradarias abertas e estuários do litoral. Mamíferos marinhos, como leões-marinhos e baleias cinzentas estão entre os animais selvagens mais visível nos parques.




Além das florestas de sequóias, os parques preservam vastas pradarias, bosques de carvalho, rios selvagens, cerca de 40 km da costa intocada e uma grande diversidade de vida selvagem e tradições culturais.





Bald Hills situa-se a este de Redwood Creek. Estas pradarias surgem entre as áreas densamente arborizadas que os cercam. Os índios Chilula queimavam estas áreas de propósito para preservar o ambiente aberto afim de recolher mais fácilmente alimentos, tais como bolotas, avelãs, e os outros alimentos vegetais. No final de maio elas experimentam um belissimo renascimento de flores silvestres.





Um dos locais mais populares do parque para observar a antiga floresta de sequóias é a Lady Bird Johnson Grove, localizado fora de Bald Hills Road. Este e outros bosques dão aos visitantes a oportunidade de experimentar como era no passado, quando florestas de sequóias dominavam a costa noroeste da Califórnia.


Foto: Flickr_Zaui


O parque contém três rios principais: o Smith, o Klamath, e Redwood Creek. O maior rio é o Klamath, que começa cerca de 260 milhas a montante, nas montanhas do sul do Oregon. Há uma grande banda de areia através da foz do rio onde ele entra no oceano Pacífico.




Existem entre 40 a 50 milhas da costa, promontórios rochosos, praias, e no oceano junto à costa podem por vezes ser observadas baleias.


Foto: photo by Ryan Harvey


Existe uma grande variedade de trilhas no Parque Nacional de Redwood e nos Parques Estaduais. São 56 quilómetros de trilhas a pé no parque nacional e 108 nos parques estaduais.




Fazer uma caminhada, andar a cavalo ou de bicicleta através de ambientes tão diversos como planícies, florestas ou praias, são experiências inesquecíveis.





Para saber mais informações Visite o Site Oficial: Redwood National Park




Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.nps.gov/redw/index.htm; johnbarger.photoshelter.com; wikipedia; www.redwood.national-park.com/; http://blog.nationalparkreservations.com/; http://environment.nationalgeographic.com/; Flickr; http://www.shannontech.com/ParkVision/Redwood/; outros net.

* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.




Viajar é alargar os nossos horizontes, é conhecer novas culturas, novos locais, paraísos perdidos que nos fascinam e encantam e se não o podemos fazer fisicamente, podemos sempre fazê-lo através da fotografia e da leitura, essa será a nossa viajem virtual!

6 comentários:

  1. Olá Maria. Magnífico! È uma viagem que encanta e surpreende com a beleza e grandeza do planeta. Obrigada pelo carinho e partilha! Um ótimo fim de semana. Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Prezada amiga Maria, por motivos de saúde ando ausente...
    No entanto sinto muitas saudades do contacto com muitos dos amigos através dos blogs. Aproveito esta tranquila tarde de sabado, onde (sentindo-me banhada de fé que em muito breve estarei totalmente recuperada pela luz Divina), voou por alguns dos blogs amigos para matar a saudade. Desculpe minha ausência.
    Um lindo e abençoado domingo para você.
    Ange.

    ResponderEliminar
  3. A natureza é linda demais. E você sabe como ninguém postar belas imagens e dar ótimas dicas.
    Minha amada, quero te fazer um convite:
    Divulgue seus blogs no meu agregador de links:
    http://soniasilvino38.blogspot.com.br
    É fácil, rápido e gratuito!
    Passe lá e confira, amiga!
    Beijocas e bom domingo!

    ResponderEliminar
  4. Querida amiga

    As palavras
    que trazem em si,
    perfume de vida,
    escrevem e se reescrevem
    no olhar de quem as lê.

    A amizade é o templo
    da alegria.
    E que assim seja
    para sempre em sua vida.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderEliminar
  5. Fico sem palavras diante de tantas belezas, a natureza realmente é muito bela, obrigada por compartilhar, beijos LUconi

    ResponderEliminar
  6. Olá Maria

    É mesmo de ficar sem palavras perante tanta beleza.

    Por vezes até custa acreditar que ainda existam locais neste planeta que tenham resistido à destruição desenfreada do homem...

    Obrigada uma vez mais pela partilha do belo.

    Beijinhos amigos

    PS: peço desculpa de não passar aqui e no outro teu blog com a assiduidade que gostaria mas, nesta fase, a saúde por vezes não mo permite. Fica a promessa de visitar-te sempre que me seja possível.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.