quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

2 Visitando a Cidade de Estremoz



Estremoz


Como já referi em posts anteriores, o meu último fim de semana do ano 2017 foi passado na cidade de Estremoz.




Hoje vamos passear um pouquinho por esta linda e simpática cidade Alentejana.




A cidade tem várias entradas possíveis, gostei particularmente da entrada pela Porta dos Currais.




Esta porta foi projectada por volta de 1670 pelo sargento António Rodrigues e tem como elemento de destaque o relevo de uma águia imperial e grifos a pisar peças de artilharia.




Passámos pela Rua das Almas




Estacionámos e começamos o nosso passeio









Teatro Bernardim Ribeiro - a sua construção iniciou-se em 1916, tendo sido inaugurado em 1922.




O tradicional Café Águias D'Ouro - edifício construído entre 1908 e 1909




Coreto no Rossio Marquês de Pombal




Igreja do Convento dos Congregados





Convento das Maltesas - propriedade da Misericórdia de Estremoz, funciona nele o Pólo de Estremoz da Universidade de Évora e o Centro de Ciência Viva.





Centro de Ciência Viva - Museu interactivo dedicado à Geologia.




No dia 30 de dezembro, quando chegamos a Estremoz, fomos almoçar no Restaurante "Venda Azul", no Largo de S. José.  É um restaurante pequeno, com comida tradicional super bem confeccionada apresentando umas doses enormes, o seu pessoal é muito simpático.





O restaurante fica mesmo ao pé de uma das portas de entrada, a Porta de Santo António.




Depois de almoço regressamos ao nosso passeio, passando pela Praça dos Combatentes da Grande Guerra Mundial.





Igreja do Convento de São Francisco




Em frente da Igreja encontra-se o cruzeiro Manuelino de S. Francisco.




Em 1834 a monarquia constitucional liberal lançou o decreto de extinção das ordens religiosas, tendo os frades franciscanos abandonado o convento de Estremoz. As instalações do convento foram então ocupadas pelo Regimento de Cavalaria de Estremoz, que lá se mantém até hoje.







Do outro lado da estrada encontra-se o Lago do Gadanha. Ao fundo vê-se o Castelo de Estremoz.



 



Paragem para observar o Relógio de Sol





Em frente está o Jardim Municipal de Estremoz






No dia 31 fomos almoçar no "Gadanha Mercearia e Restaurante". Fica no Largo dos Dragões de Olivença, mesmo junto ao Jardim Municipal.




Como não tínhamos muita fome optamos por comer petiscos e foi uma excelente opção, pois eram excelentes.




Muito perto do restaurante no Largo Combatentes da  Grande Guerra fica a Fonte das Bicas.






Continuando a passear subimos a Rua 5 de outubro e fomos até à Praça Luís de Camões onde se encontra o Pelourinho de Estremoz.






Dali regressámos à Pousada Rainha Santa Isabel ( onde estávamos hospedados )




Passando em frente a uma das entradas para o Castelo de Estremoz, a Porta do Sol.





2 comentários:

  1. Boa tarde!
    Obrigada pelas fotos maravilhosas que nos mostra e dá a conhecer!!:) Amei

    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Que viagem deliciosa Maria
    A cidade´é convidativa e muito bonita !
    Suas fotos registram com fidelidade a beleza da cidade .
    Adorei passear com você por Estremoz. Só assim conheço mais um pouco de Portugal.
    Obrigada.
    Um abraço

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.