sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Lithia Park


Foto: Panoramio_memphismike

Lithia Park é o maior e mais central parque de Ashland, Oregon, nos EUA.

É composto de 93 hectares (380.000 m2) de floresta ao redor de Ashland Creek.


Foto: thewallpapers.org

O seu nome tem a origem a partir de óxido de lítio (Li2O) ou "lithia", que se encontra no fluxo de água bombeada para o parque.

Lithia Park foi listado no Registro Nacional de Locais Históricos em 1982.


Foto: jimwickre.blogspot.com

O parque tem dois enormes campos verdes, um coreto para apresentações musicais públicas, um bosque de plátanos, um jardim japonês e um jardim de rosas, duas lagoas com patos, campos de ténis, edifícios da comunidade e, no inverno, uma pista de patinagem no gelo. Também oferece áreas para piquenique e quilómetros de trilhas para caminhadas.


Foto: satsumabug.com-deer

Começou em 1892, quando a Associação de Chautauqua comprou oito hectares de terra dentro da área que é hoje Lithia Park, e neles construiu um edifício de cúpula para os seus shows. A sua ideia era trazer entretenimento e cultura para Southern Oregon.


Foto: lifeinashlandoregon.blogspot

Em 1908, a pedido do Clube das Mulheres para Melhoria Civica, o povo de Ashland aprovou uma medida para incluir a manutenção do parque na Carta da Cidade.


Foto: traveljapanblog.com

Ao longo dos anos o parque continuou a crescer junto com a comunidade que o rodeia.

Em 1910, foram construídas a lagoa pequena dos patos e o sistema de alimentação da cascata.


Foto: skyceremonies.com

Lithia Park incorpora características distintas de um parque projectado segundo a tradição de Frederick Law Olmsted.


Foto: Wikipedia_VISITOR7

O desenvolvimento do parque começou em 1914, com a contratação de John McLaren (também designer de Golden Gate de San Francisco Park) como arquitecto paisagista.


Foto: www.city-data.com

O plano paisagístico de McLaren para Lithia Park pretendia seguir o desfiladeiro natural do curso de água.


Foto: designsalononline.com

Os plantios foram naturalistas na medida em que às plantas e árvores nativas como os amieiros, carvalhos, e coníferas foram incorporadas, outras plantas, como salgueiros, e numerosas variedades ornamentais que foram selecionadas pela sua resistência, forma e cor.


Foto: solangeabril.blogspot.com

O plano, de McLaren, ainda hoje constitui o núcleo do parque, com muitas árvores, agora com cerca de cem anos de idade e ainda em vigor. Também ainda se mantêm trilhas para caminhadas, o lago superior, campos de ténis, o jardim japonês, bosques, bem como o terraço da fonte de mármore italiana.


Foto: Panoramio_redbeardthefierce

As plantações no parque ao longo dos últimos cem anos são uma mistura exuberante e diversificada, refletindo os ecossistemas do sul do Oregon, e incluindo espécies não-nativas e exóticas de todo o mundo a partir de canteiros cuidadosamente tratados.


Foto: people.tribe.net

Dentro do Parque, o visitante pode caminhar ao longo da trilha, do lado leste de Ashland Creek até à sede do Parque e obter um mapa mostrando a localização dos principais pontos, como a Fonte de Lithia (Lithia Water Fountain), Butler-Perozzi Fountain Terrace, Grove Sycamore ou ainda o Lago superior dos patos (Duck Pond superior).


Foto: miswallpapers.net

Muitos caminhos seguem ao longo do parque e o visitante pode acompanhá-los através de um guia de trilhas, que mostra as árvores mais significativas e importantes ao longo de todo o parque.


Foto: wallpapers5.com

Lithia Park é um local lindíssimo que mesmo só em fotografia alegra a nossa alma.

Mais informações em: Lithia Park

Fontes e Fotos: Wikipedia; http://www.ashland.or.us/; http://www.nps.gov/nr/travel/ashland/lit.htm; http://lifeinashlandoregon.blogspot.pt/2012/02/lithia-park.html; http://www.city-data.com/; skyceremonies.com; wallpaper/Maple-Tree-in-Autumn-Lithia-Park-Ashland-Oregon/; miswallpapers.net_Lithia-Park-in-Autumn-Ashland-Oregon; wallpapers5.com_lithia-park-ashland-oregon; http://dustinkeirstead.blogspot.pt/; satsumabug.com-deer; traveljapanblog.com_lithia park; solangeabril.blogspot.com_Lithia_Park; designsalononline.com_Ashland; outros net.


* Fotos: Net
As fotografias sem indicação dos autores é porque não os consegui identificar. Se forem suas, por favor queiram contactar-me que colocarei imediatamente o seu nome, ou retiro-as se for esse o seu desejo. Não é de maneira nenhuma minha intenção quebrar direitos de autor.

Photographs without the authors’ names are because I could not identify them. If they are yours, please contact me and I will put immediately your name, or remove them, if that is your wish. It is not my intention to break authors rights.


Foto: gr8ful.blogspot.com


Abrindo a janela da net, damos asas à nossa imaginação e deixamos o nosso espírito divagar para longe tornando-se possível conhecer outros locais, realidades e culturas. Conseguimos assim, ir mais além da nossa rotina quotidiana e das nossas limitações, sejam elas quais forem.

5 comentários:

  1. Gostei de conhecer mais este parque.
    O homem sonha e a obra nasce.
    Pedaços que se juntam e se completam para deleite dos humanos que ali podem recuperar as forças físicas e morais

    ResponderEliminar
  2. Maria,

    Ele é tao bonito, bem administrado.
    Passear num lugar assim dá muito prazer.
    Ele fez lembrar um parque que estive na Alemanha.

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Muito bem!
    Ótima publicação.
    Gostei de passar por aqui novamente.
    Tenha um bom fim de semana.
    Abraço.
    http://umraiodeluzefezseluz.blogspot.com
    oantmasantos2@gmail.com

    ResponderEliminar
  4. Você descobre maravilhas e nos permite conhecê-las com suas postagens. Essas imagens mostram um pedaço do paraíso. Bjs.

    ResponderEliminar
  5. Blog fantástico, é para mim um privilégio poder ler as suas palavras, de certo que mais vezes virei aqui, no entanto agora vim para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog.
    Quero apresentar o Peregrino E Servo. Gostava que visse meu blog e desejar fazer parte dos meus amigos virtuais esteja à vontade, mas faça-o apenas se desejar.
    Muitas felicidades e saúde.
    Sou António Batalha.

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.