domingo, 31 de março de 2019

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação



A Igreja Nossa Senhora da Encarnação fica situada no Largo do Chiado, Encarnação, em Lisboa, em frente à Igreja de Nossa Senhora do Loreto.


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


Edificada em 1708, por ordem da Condessa de Pontével, D. Elvira de Vilhena, foi totalmente destruída pelo Terramoto de 1755. Foi reedificada pelo arquitecto Manuel Caetano de Sousa ainda no século XVIII, tendo as obras se prolongado até 1873.


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


O seu interior é composto por uma única nave, predominantemente revestido de mármores. De salientar uma linda imagem de Nossa Senhora da Encarnação, no retábulo-mor, da autoria de Machado de Castro e as belíssimas pinturas no tecto.


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


As capelas laterais possuem retábulos compostos por frontões interrompidos em estuque suportados por colunas, albergando ao centro, pintura sobre tela. Do lado da Epístola, altares dedicados à Rainha Santa Isabel, Santa Filomena, São José e Nossa Senhora de Fátima e do lado do Evangelho, a Santo António, Santa Teresinha, Anjo Custódio de Portugal e ao Sagrado Coração de Jesus.


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa

Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


Logo à entrada tem uma Capela de arte contemporânia dedicada a Santa Maria Goretti


Igreja de Nossa Senhora da Encarnação (Chiado) - Lisboa


Texto explicativo: Wikipedia; http://www.monumentos.gov.pt;
Fotos: Pessoais



quinta-feira, 28 de março de 2019

Catedral de Helsinquia (Helsingin tuomiokirkko)




A Catedral de Helsínquia (em finlandês: Helsingin tuomiokirkko ) é uma catedral evangélica luterana da Diocese de Helsínquia, situada no centro de Helsínquia, na Finlândia. Foi originalmente construída como tributo ao czar Nicolau I da Rússia, tendo sido conhecida como igreja de São Nicolau até à independência da Finlândia, em 1917.




A catedral constitui um local de destaque no centro de Helsínquia, ostentando uma cúpula verde e alta, rodeada por quatro cúpulas mais pequenas. Foi construída entre 1830 e 1852, em estilo neoclássico, tendo sido concebida por Carl Ludvig Engel como o ponto mais elevado da Praça Senaatintori, onde se encontra rodeada por outros edifícios do mesmo autor. Este supervisionou as obras até à sua morte, em 1840, tendo sido sucedido por Ernst Lohrmann. 




A catedral constitui um local de destaque no centro de Helsínquia, ostentando uma cúpula verde e alta, rodeada por quatro cúpulas mais pequenas. Foi construída entre 1830 e 1852, em estilo neoclássico, tendo sido concebida por Carl Ludvig Engel como o ponto mais elevado da Praça Senaatintori, onde se encontra rodeada por outros edifícios do mesmo autor. Este supervisionou as obras até à sua morte, em 1840, tendo sido sucedido por Ernst Lohrmann





Nesta segunda fase, foram acrescentadas quatro cúpulas mais pequenas, que estabelecem um claro vínculo arquitetónico com a Catedral de Santo Isaac em São Petersburgo, na Rússia. Foram também erigidas duas torres sineiras e incorporadas estátuas de zinco dos Doze Apóstolos, nos vértices exteriores.




O seu interior é bastante simples mas interessante. Pode albergar até 1300 fiéis,  possuí um altar datado da década de 1880, com estátuas de anjos e púlpito concebidos por Engel.






Antes de sairmos é imperdível contemplar o seu lindo órgão. Foi construído em 1967 pela firma Marcussen e Son.



Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais - Visita a Helsinquia


sexta-feira, 22 de março de 2019

Catedral de Santo Isaac




A Catedral de Santo Isaac é a maior e mais sumptuosa catedral ortodoxa de São Petersburgo, Rússia. A catedral, dedicada ao padroeiro de Pedro, o Grande, foi construída em estilo predominantemente neoclássico, com a inserção de adornos bizantinos.




Antigamente, na zona do Almirantado existia uma pequena igreja de madeira dedicada a Santo Isaac da Dalmácia, que se substituiu por outra de pedra, que ficou imprestável em meados do século XVIII. Por último, no princípio do século XIX, decide-se erguer uma nova catedral. Participam no concurso destacados arquitectos da época. Saiu vencedor o jovem arquitecto francês Auguste de Montferrand. As obras prolongaram-se de 1818 até 1858. Tem capacidade para 14 mil pessoas.




Um dos conjuntos de esculturas é o encontro de Santo Isaac de Dolmácia com o Imperador Teodósio. 




Na decoração da Catedral de Santo Isaac empregaram-se 43 tipos de minerais. O zimbório foi revestido de granito, e o interior, paredes e chão de mármores russos, italianos e franceses. 




O seu interior é especatcular, decorado com ícones de mosaicos incrivelmente detalhados, pinturas e colunas revestidas de malaquita e lápis-lazúli. 




Um grande vitral de cores vivas do "Cristo ressuscitado" ocupa um lugar de destaque dentro do altar principal.





Adornam a catedral quase 400 obras entre esculturas, pinturas e mosaicos. 






O domo principal da catedral da cúpula mede 101,5 metros, tem 21,8 m de diâmetro e empregaram-se cerca de 100 kg de ouro. A cúpula é decorada com doze estátuas de anjos por Josef Hermann. Esses anjos foram provavelmente os primeiros grandes esculturas produzidas pelo novo processo, que era uma alternativa para fundição de bronze tradicional de esculturas. O projeto de Montferrand de a cúpula é baseada numa estrutura de ferro fundido.






Pode-se subir até à base da cúpula, de onde se desfruta de uma magnífica vista de São Petersburgo. 





Desde 1931 que a catedral é um museu.




Texto Explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais

domingo, 17 de março de 2019

Igreja Pedra Temppeliaukio (Temppeliaukio kirkko)




A Igreja de Pedra (Temppeliaukio kirkko ) em Helsínquia, na Finlândia, é uma igreja luterana, uma obra arquitectónica moderna, idealizada pelos irmãos Timo e Tuomo Suomalainen. A sua construção teve início em 1968, tendo sido terminada e inaugurada em 1969. Foi construída a partir de uma rocha maciça de granito, cujo interior foi extraído, para dar forma às paredes. 


A igreja é banhada por luz natural que entra através da clarabóia ao redor do centro da cúpula de cobre.






Possuí um belo órgão com 43 paradas e 3001 tubos, que foi construído por Veikko Virtanen.





Existe uma varanda da qual é possível ter uma outra perspectiva da igreja .





No interior, a igreja é circular, sendo as suas paredes de pedra despida, o que lhe confere uma acústica de grande qualidade, sendo, por essa razão, frequentemente palco de concertos de música clássica.

Não possuí sinos, uma gravação de sinos composta por Taneli Kuusisto é tocada via alto-falantes na parede externa.




Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais


domingo, 10 de março de 2019

Catedral Aleksander Nevski - Tallin




A Catedral de Alexandre Nevsky (do estoniano: Aleksander Nevski katedraal) é uma catedral ortodoxa estoniana localizada em Toompea, no Centro histórico (cidade velha) de Tallinn, declarado património da humanidade pela Unesco em 1997.





Catedral ortodoxa, foi construída entre 1894 e 1900 e consagrada em 30 de abril desse ano, durante o período no qual a atual Estónia fazia parte do Império Russo. Foi projetada seguindo o design de Mikhail Preobrazhensky, baseado no antigo modelo arquitetónico russo, possuindo a maior cúpula dentre as catedrais ortodoxas.





Está dedicada ao santo Alexandre Nevsky, quem saiu vitorioso na batalha do lago Peipus em 1242. Aleixo II, que terminaria sendo patriarca, começou seu ministério sacerdotal na catedral.





Texto explicativo: Wikipedia
Fotos: Pessoais - Visita a Tallin

Topo