23/12/2020

TEMPLOS de Chiang Mai - Tailândia




Nas nossas férias em Chiang Mai na Tailândia (2019), fomos visitar alguns dos seus cerca de 300 templos. Fica aqui um resumo de alguns dos templos que visitámos. Para saber mais sobre eles, é seguir o link sobre o seu nome.

Templos Budistas de Chiang Mai



Wat Phra That Doi Suthep
A fundação original do templo continua a ser uma lenda e existem várias versões. Diz-se que foi fundado em 1383, quando a primeira estupa (chedi) foi construída. Fica localizado a mais de mil metros de altitude na montanha Doi Suthep, a 15 km da cidade de Chiang Mai. Wat Phra That Doi Suthep, o Templo da Montanha, é um belíssimo templo budista. 


Wat Phra That Doi Suthep


Wat Umong Mahathera Chan
Fica localizado no centro de Chiang Mai. O complexo tem um templo, um lindo jardim, várias pequenas estruturas e um chedi muito antigo geralmente chamado de Caverna do Monge, que contém um nicho onde os monges iam meditar. 


Wat Umong Mahathera Chan


Wat Phra Sing
É um dos templos mais importantes de Chiang Mai, tendo sido nomeado pelo rei Rama VIII de Templo Real de Primeira Grandeza. foi construído em 1345 e possui vários anexos, mas a edificação mais importante é o Wihan Lai Kham, no qual se encontra a famosa estátua de Buda. Este é todo adornado de vermelho e dourado, com o interior bastante escuro, com somente a estátua iluminada. 

Wat Phra Sing


Wat Chedi Luang
O Wat Chedi Luang, "The temple of the Great Stupa" é um templo Budista e um dos mais impressionantes templos de Chiang Mai. Recebe o seu nome do enorme chedi (pagode) que lá se encontra.

Wat Chedi Luang



Wat Buppharam
Wat Buppharam foi fundado em 1497 pelo rei Mueang Kaeo, o templo foi onde Kawila iniciou uma circunvolução ritual de Chiang Mai para reocupá-lo após dois séculos de governo birmanês. A maioria dos edifícios do templo data do final do século XIX. 


Wat Buppharam




Wat Inthakhin Sadue Muang
Dizem que Wat Inthakin Sadeu Muang foi onde o pilar da cidade chamado "Inthakin" foi erguido em 1296 pelo rei Mangrai quando Chiang Mai foi fundada. O pilar Inthakin foi transferido para Wat Chedi Luang pelo rei Kawila em 1800. Nos dias de hoje o pilar é venerado todos os anos em maio, durante o Festival de Inthakin. No complexo do templo encontra-se um chedi, um viharn, um museu e dois pavilhões contendo imagens budistas.

Wat Inthakhin Sadue Muang


Wat Pan Tao
Este templo é um dos mais antigos da cidade velha de Chiang Mai. Construído em 1846, era originalmente um Ho Kham, uma sala do trono, para um dos reis de Chiang Mai. Foi em 1876 convertido em mosteiro. É inteiramente feito com painéis de teca, sendo um dos melhores edifícios deste tipo.


Wat Pan Tao



Wat Phan On
O Wat Phan On, foi construído em 1501 durante o reinado do rei Lanna Mueang Kaeo. O complexo do templo consiste num grande viharn, um chedi dourado e os alojamentos dos monges.


Wat Phan On


Também denominado como Wat Sam Pao, é um dos templos budistas construídos durante o reinado da dinastia Mang Rai. Os seus jardins estão localizados na Ratchadamnoen Road, que é a estrada principal da antiga cidade de Chiang Mai, ficando em frente a Wat Phan On.

Wat Sum Pow


Wat Tung Yu
O complexo do templo tem várias estruturas incluindo um grande viharn e um chedi branco. O viharn é construído sobre uma base alta, com telhado de três camadas, lindamente decorado. Cabeças de naga douradas projetam-se dos cantos e os seus corpos brilhantes serpenteiam ao longo das bordas do telhado. A entrada é guardada por duas nagas que se estendem ao longo da balaustrada com escamas verdes e cabeças douradas.


Wat Tung Yu




Wat Chiang Man
É o templo mais antigo da cidade, tendo sido construído em 1297. Wat Chiang Man é o templo mais antigo de Chiang Mai. Foi fundado em 1306 pelo primeiro rei de Lanna, o rei Mengrai. Abriga duas estátuas de Buda que os fiéis acreditam terem poderes. A primeira, Phra SaeTang Khamani, é feita de cristal, data do ano de 200 e possui somente 10 centímetros de altura. Acredita-se que ela proteja a cidade de desastres. A segunda, é a imagem do Phra Sila Buddha, esculpida em pedra representando um Buda em pé. A imagem provavelmente foi feita no Sri Lanka há mais de mil anos. Acredita-se que a imagem detenha o poder de trazer chuva e, portanto, desempenha um papel importante durante o festival Songkran, realizado em abril no final da estação seca.

Wat Chiang Man


Wat Pan Ping é um templo de 540 anos que sofreu um terrível incêndio em Novembro de 2002, tendo sido concluída a sua reconstrução em 2010. Tem um grande e lindo chedi dourado e vários outros edifícios, alguns mostrando obras de arte que descrevem histórias da vida de Buda. Por cima da porta principal, encontra-se um relevo espectacular composto por um par de nagas de cabeça tripla, cujos corpos entrelaçados formam o arco e, nos cantos, dois pássaros hamsa. Sob o arco há uma elaborada escultura circular em dourado, destacada com pedaços de vidro coloridos.


Wat Pan Ping


Fontes explicativas: Wikipedia; http://thailandforvisitors.com/; http://www.chiangmai.bangkok.com/; https://doorswindowsblog.wordpress.com/
Fotos: Pessoais de visita a CHIANG MAI


LEIA MAIS

15/12/2020

Um breve Passeio por Lisboa




No dia de anos do meu marido fomos almoçar fora. Decidimos ir mais cedo e passear um pouco pela baixa de Lisboa.

Começamos na Praça da Figueira



Seguimos até à Praça Dom Pedro IV, mais conhecida por Praça do Rossio. 

 


(sem as máscaras, mas só para a foto)



Descemos a Rua Augusta, haviam poucas pessoas a passear e a maioria dos restaurantes bem como algumas lojas estavam fechadas. Que situação tão triste e difícil.




Passámos pelo Arco do Triunfo da Rua Augusta





Na parte superior do arco, encontram-se as esculturas de Célestin Anatole Calmels, representando a Glória, coroando o Génio e o Valor. Num plano inferior estão as esculturas de Vítor Bastos que representam Nuno Álvares Pereira, Viriato, Vasco da Gama e o Marquês de Pombal. Na lateral esquerda, o rio Tejo, e na direita o rio Douro, da autoria também do escultor Vítor Bastos.




Era ainda cedo mas como se pode ver pelas fotos, a enorme Praça do Comércio estava praticamente vazia (a restrição de circular era apenas a partir das 15 horas).




Percorremos a Avenida Ribeira das Naus até ao Cais do Sodré.






O Mercado da Ribeira.




Subimos depois pela Rua do Alecrim para irmos até ao restaurante que tínhamos marcado.




Almoçámos no restaurante "Beer & Wine". O espaço era muito agradável e a comida e o atendimento foram espectaculares.




Após o almoço, subimos até ao Largo de Camões e descemos a Rua Garrett. Passámos em frente ao Café "A Brasileira" onde se encontra a escultura de Fernando Pessoa, obra do artista Lagoa Henriques.




Descemos pela Rua do Carmo, passámos novamente pela Praça do Rossio e fizemos uma paragem na Praça dos Restauradores, junto ao Hotel Avenida Palace, para apreciar o Monumento ao Calceteiro, que é composto por duas esculturas em bronze, obra de Sérgio Stichini. As estátuas estão enquadradas por um extraordinário trabalho em calçada portuguesa, representando a barca de São Vicente, um trabalho dos calceteiros da Câmara Municipal de Lisboa.




Paragem obrigatória em frente à linda estação do Rossio, para guardar mais uns "olhares"



 
Por fim, subimos a Avenida da Liberdade, apanhamos o metro quase no topo da avenida e voltámos para casa.





Foi uma manhã espectacular!

LEIA MAIS

08/12/2020

Observando a magia do Luar




Divagando por aí em noites de LUAR .....















"Quando admiro a maravilha de um pôr-do-sol ou a beleza da lua, minha alma se expande em reverência ao Criador." Mahatma Gandhi


LEIA MAIS

03/12/2020

Céus de Itália




Ao arrumar fotografias de viagens antigas, nas respectivas pastas por países, encontrei estas que quero hoje partilhar.  "Olhares" sobre os  ....

Céus de Itália



Veneza - Itália
Veneza


Assis - Itália
Assis


Florença - Itália
Florença


Milão - Itália
Milão


Roma - Itália
Roma


Pisa - Itália
Pisa


Veneza - Itália
Veneza


Siena - Itália
Siena


Vaticano - Itália
Vaticano - Roma


Siena - Itália
Siena

Fotos: Pessoais

" ... Enquanto puderes erguer os olhos para o céu, sem medo, saberás que tens o coração puro, e isto significa felicidade." Anne Frank


LEIA MAIS


Publicação em destaque

A Noite nas minhas Viagens

Luzes da Noite pelo mundo fora ... A noite em Macau No Japão Dubai ...